Arquivo | Agosto, 2011

#Novidades Literárias

13 Ago

Olá galera. Antes de tudo quero agradecer-lhes pelos comentários incríveis no post Bookaholic Girl, eu acredito que pelo menos em algum trecho vocês se identificaram por isso o resultado fora tão positivo. Eu escrevi com todo o meu coração e espero sempre poder contar com vocês, mesmo agradando ou não! =)

Bom galerinha, hoje estréia essa nova Tag aqui no bloh. Nela eu contarei tudo o que está rolando no “Mundo dos Livros”, então vamos às novidades!

O Grupo Editorial Pensamento acaba de lançar um novo selo: Jangada.

A nova Editora traz livros de ficção fantástica e histórica voltado para o público em geral, principalmente o infanto-juvenil. A primeira aposta da Editora Jangada será o livro Nascida à Meia-Noite, o primeiro livro da nova série de ficção fantástica: a Saga Acampamento Shadow Falls, que conta a história de uma garota enviada a um acampamento para adolescentes com poderes sobrenaturais. Um novo e excitante mundo paranormal, a imagem de uma heroína e um triângulo amoroso são os elementos que marcam essa série de alto nível.

A obra marca a entrada oficial da editora no Brasil, em setembro. A novidade também será apresentada na XV Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que acontece entre os dias 1 e 11 de setembro.

Acredito que todos saibam que a Bienal do Livro está chegando! Todos gritam \o/ Então toda semana eu trarei notícias, sobre os horários, as novidades, tudo o que acontecerá Nessa incrível Feira Cultural.

Uma das primeiras novidades que desejo compartilhar com vocês, é o lançamento do livro: De Volta a Cabana, de William P. Young, dessa vez contando com a co-autoria de Baxter Kruger. O livro será lançado aqui no Brasil, na Bienal do Livro e sairá por aqui antes mesmo do que nos EUA. De volta à Cabana chegará ao mercado brasileiro com tiragem inicial de 30 000 exemplares, dez vezes maior que a tiragem média de um livro de ficção no país.

 William Young, autor de A Cabana, que está há 148 semanas na lista de mais vendidos de VEJA, viria à Bienal do Livro do Rio, em setembro, apenas para comemorar os três milhões de exemplares vendidos do livro. Decidiu aproveitar a viagem e fazer o lançamento mundial de seu novo título.

(Confira a Resenha de A Cabana AQUI!)

 

 

 

 

A Atriz e Cantora Hilary Duff, também virá ao Brasil para lançar sua primeira obra literária.

RIO – A cantora pop e estrela de TV Hilary Duff virá à 15ª Bienal do Livro do Rio lançar sua primeira incursão literária, “Elixir”. A americana de 23 anos vai participar de uma mesa no Espaço Conexão Jovem, no dia 4 de setembro (domingo), no Rio Centro.

“Elixir” (editora iD, 280 páginas) é o primeiro volume de uma série de livros para adolescentes que a sensação do Disney Channel – ela foi revelada pela série “Lizzie McGuire” – pretende lançar. O livro conta a história da garota Clea Raymond, uma fotojornalista de 17 anos cujo pai, médico, desapareceu numa missão humanitária. Após o trágico incidente, Clea nota imagens sinistras de um belo jovem desconhecido em suas fotos. Um dia, a garota se encontra com esse homem e, automaticamente, sente uma forte conexão com ele.

A obra foi um best-seller nos Estados Unidos, figurando durante semanas na lista dos mais vendidos do jornal “The New York Times”. A cantora já anunciou o título da segunda parte da história: “Devoted” (“devotada”, em português). O livro está programado para ser lançado em outubro deste ano, nos EUA.

E aí galera, quem está animado para a Bienal? \o/

Beijos e até a próxima…

Bookaholic Girl

9 Ago

 

O primeiro livro da vida dela foi lido na escola, na verdade, ouvido, no jardim de infância. Sua professora, com uma voz doce e suave, parecia cantarolar a estória, com uma calmaria e uma paz, que inundava a pequena sala de aula, sentada em uma cadeira com as crianças a sua volta, ela contou a estória de uma menina, que perdera o Pai, a liberdade e seu precioso Sapatinho de Cristal. Ela se irritou com as irmãs e a madrasta malvada, ficou nervosa ao achar que ela não conseguiria sair do baile antes da meia noite e chorou, quando finalmente o príncipe a encontrou e eles viverem felizes para sempre.

Á partir daí, ela queria mais, leu todos os Contos de Fadas da Disney e até hoje o seu preferido é A Bela e a Fera, pois aprendeu a importante lição, de que beleza não é tudo. Depois ela partiu para livros mais adultos e complicados. Leu a estória de um casal que se amava muito, mas que não podiam ficar juntos por causa da família, que tiverem um final não muito feliz, e que morreram por amor. Se identificou com uma tal de Megera Domada. Ambos escritos por um homem, que ela nem sabia pronunciar o nome, mas apaixonou-se por ele mesmo assim, após mostrar para toda a turma sua vida, um trabalho que fora minuciosamente revisto e indiscutivelmente amado pelo seu professor de Francês.

Apaixonou-se por um Bruxinho com uma Cicatriz na testa e desejou fervorosamente que ele fosse seu irmão, ela queria colocá-lo no colo e dizer para ele que no final tudo ficaria bem.

Ela chorou demais, quando descobriu quem era O Pior Cão do Mundo. Ah Marley, Obrigado por me fazer redescobrir, porque sou tão apaixonada por cachorros e quando chover, e os trovões assustarem você, eu estarei lá do seu lado, para te salvar da chuva.

Após reler, o mesmo livro 14 vezes para fazer um trabalho escolar, ela pulou de felicidade quando, na sétima série ganhou o tal livro, do seu bendito Professor de Francês. Fez o melhor trabalho da vida dela e descobriu “Que era responsável por tudo aquilo que ela cativava”. E então ela não parou mais de ler.

Enfiou-se em uma série de Vampiros, mas é apaixonada mesmo pelo Lobinho. Desejou estudar no Upper East Side. E aprendeu valiosas Lições de Princesa. Teve muitos Sonhos, em muitas Noites de Verão. Aprendeu com Zoe que a vida de uma Dj não é fácil e ela até tentou Se Livrar de Um Vampiro Apaixonado, mas acabou não desejando mais que ele fosse embora. Descobriu o quanto um Elefante é Fiel e que certos contos de fadas, podem virar estórias de Terror, e que O Lobo mal, pode ser alguém que você jamais desconfiaria. Encontrou Deus na Cabana e hoje vive fazendo piadinhas com uma tal filosofia: “Ser ou Não Ser, Eis a Questão.”

Através dos Livros, ela conheceu lugares como, Paris, Manhattan, Seattle, Veneza, Londres, O Sul dos Estados Unidos (Gatlin), Forks (Washington) entre outros.

Ela aprendeu uma Herança Preciosa, com A Dádiva mais Preciosa e agora quer repassar esse aprendizado adiante. Ela se perdeu, correndo atrás de Hugo Cabret, no grande relógio da Estação e concordou quando alguém disse que O Pai dela só falava M*rda!

A história dessa menina com os livros é grande, mais ainda não acabou. A cada dia, ela descobre um livro novo, mais um para a coleção dos: “Vou ler” – ela está Radiante por uma rede social, ajudá-la organizar tudo, senão ficaria perdida.

Enquanto ela ouve Dezesseis Luas, uma de suas canções preferidas e ama seus livros desesperadamente como Heathcliff amou Cathy, está tentando resolver o último assassinato no museu, ela achou o corpo com a ajuda de Dan junto á uma preciosa peça de Da Vinci.

Ela se envolve em cada história como se estivesse nela e de uma forma ou outra, acaba se auto transportando para dentro do livro. Mas depois de ajudar uma menina A Roubar um livro, ela sentiu-se culpada e voltou para casa. Mas ela jamais deixou de acreditar no potencial de cada personagem.

Os livros a ensinaram, a nunca desistir de seus sonhos e que se dane se todo mundo pensa que você é uma louca viciada em livros, eles jamais entenderam o poder de nunca sentir-se só.

Com um novo livro na mão, ela caminha rumo a mais uma nova experiência. Dessa vez o livro ainda não é conhecido, quer dizer, o livro é conhecido somente por ela. Ela imagina uma estória, onde ela amará os personagens como filhos e sentirá cada dor, cada alegria cada amor, em suas vísceras. Ao final do livro, ela o assinará com seu Próprio Nome e suspirará, com o prazer do alívio, do dever cumprido. Ela se contentará em criar outras estórias, com outros filhos, com outros amores, com outros sentimentos. Um dia ela escreverá sobre uma menina que amou muito seus livros, a ponto de fazer loucuras por eles e ela pensará: “Por eles, eu faria isso mil vezes.”

Ela é uma viciada em livros, frágil e sensível, que se apaixonou por um livro, sem ao menos lê-lo, por causa de uma única frase:

“E porque acreditava em Anjos, eles existiam”

E quando á Hora da Estrela chegar, ela dormirá em paz ao saber que todas as suas respostas foram respondidas. E que seus medos, frustrações, alegrias e vitórias, serão compartilhadas em um único livro.

Com amor,

Bookaholic Girl

Para Dante! <3

5 Ago

Você tem um ídolo? E o que você seria capaz de fazer por ele? E se você tivesse a oportunidade de conhecê-lo, o que diria a ele?

Sinopse: Se você se apaixonasse pelo seu ídolo, ele poderia se apaixonar por você? Fique por dentro dessa historia real, que promete ser sucesso entre fãs de todos os mundo. Afinal quem disse que é impossível realizar todos nossos sonhos? Era loucura, mas eu provei ao contrario!

“Nunca imaginei me apaixonar por alguém que nem ser quer sabia da minha existência…” 

“Na verdade não sabia que milagres aconteciam, mesmo acreditando nisso mais que tudo. Ainda lembro-me da voz dele cantando como vinda de algum lugar do céu. – Não poderia jamais ter apagado ele da minha vida porque ele é como uma estrela sempre brilhante no meu céu, e estrelas não morrem. Sou fã incondicionalmente dele, e para falar a verdade, de tudo que há nele.”
 
Hoje quero que vocês conhecem o livro “Apaixonei-me Pelo meu Ídolo – Para Dante.”
 
Todos nós em algum momento de nossas vidas, criamos ilusões com relação a alguma pessoa. Os colocamos em pedestais, como se fossem perfeitos, intocáveis. É um amor inexplicável, insubstituível e ridiculamente incompreendido, por pessoas que não o sentem.  Mas a verdade é que, seja qual for o nosso ídolo, seja ele, Ator, Cantor, Jogador de Futebol, Modelo ou até mesmo aquele vizinho lindo, que é o baterista de uma banda sem sucesso e com o nome esquisito, sempre criamos expectativas, amores platônicos para fugirmos da solidão. Aquela pessoa então torna-se o centro de nossas vidas. E nós o amamos, mesmo ele não nos conhecendo, mesmo tendo que dividir esse amor, com mais um bilhão de pessoas. Nós o amamos como se não houvesse amanhã e sempre achamos que “Nós” somos e sempre seremos. A Fã número 1 deles. E que um dia, nem que seja por um breve momento, ele nos conhecerá e dirá que esperou por alguém como “Nós” o tempo todo. Mesmo que não seja possível um único Ídolo namorar todas as fãs, ficamos gratas por eles saberem, que em algum lugar do planeta, há milhões de pessoas que o querem bem! E não há nada mais gratificante que isso.
 
O livro conta a história de Beatriz, que aos 14 anos se apaixonou por Dante e teve que compartilhar este amor, com bilhões de pessoas. É simplesmente a história de uma garota que se apaixonou pelo seu Ídolo e viveu grandes aventuras para estar com ele. E o melhor de tudo é que ela conseguiu!
 
O livro Apaixonei-me Pelo Meu ídolo, foi baseado na história real da Autora, Renata Pacheco, que recentemente tornou-se parceira do blog! ;D É estou tão feliz, ela é nossa primeira Autora parceira!
 
Se você quer se apaixonar mais ainda pelo livro, siga-o no twitter @ParaDante e apaixone-se pelas incríveis frases que a Autora solta via twitter ;D
 
Ou então que tal visitar o site do livro e ficar ligado nas novidades? ;D http://www.paradante.com
 
E você ainda poder ler os primeiros capítulos do livro: http://leiaolivroparadante.blogspot.com/
 
Embarque nessa aventura e Apaixone-se pelo livro que conta o sonho da maioria de muitas fãs! *-*
 
O importante é nunca desistir do Sonho, pois se deu tudo certo com a Beatriz, quem sabe também não possa dar com você?
 
O livro estréia em todas as livrarias do Brasil em Outubro!
 
Em breve resenha do livro e novidades, da Autora e para vocês!
 
Beijos, Mila ♥

RESENHA: A Cabana – William P. Young

4 Ago

 Edição: 1

 Editora: Sextante

 ISBN: 9788599296363

 Ano: 2008

 Páginas: 236

 Skoob: Livro

 Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, “A Cabana” invoca a pergunta: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?” As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Quem não duvidaria ao ouvir um homem afirmar que passou um fim de semana inteiro com Deus e, ainda mais, em uma cabana? Principalmente naquela Cabana.

O livro conta a história de Mack, que vive sobre a A Grande Tristeza, desde o desaparecimento da filha, Missy. Mack sente-se culpado pelo desaparecimento da filha e com consegue fazer nada para mudar esse sentimento, na verdade ele chega a se sentir confortável com toda essa dor, porque ele acredita que Deus, está o castigando por fatos de seu passado. Mack vai á igreja, mas tem um amplo relacionamento com Deus, enquanto que o relacionamento de Deus com sua esposa Nan, é sólido e profundo. Mack e Nan tem cinco filhos, John, Tyler, Josh, (Katherine Kate) e Melissa ou como eles carinhosamente a chamam, Missy.

Mack é extremamente inteligente, e seus assuntos prediletos, são Deus e a Criação e porque as pessoas acreditam em determinadas coisas.

Após receber um estranho bilhete, supostamente enviado por Papai. Papai era o modo carinhoso como Nan tratava Deus, mas Mack não se sentia tão confortável para chamá-lo de Papai. Mack decide voltar á Cabana, ao local de seus maiores pesadelos e medos. Para encarar sozinho, insanamente quem quer que estivesse brincando com a cara dele. Com a picape do amigo Wille, Mack dá um jeito de tirar Nan e as crianças de casa, sem contar a Nan seu planejado, Mack segue viagem. Para o começo de sua transformação.

Uffa! Caramba, Meu Deus do Céu! rs Que estória. Mackenzie Allen Phillips, fora muito maltratado pela vida, em um ato de loucura e revolta acaba fazendo uma grande besteira, em sua adolescência e ele acha que de alguma Deus está ocastigango pelo desaparecimento de sua filha o que ele não percebe é que ele acaba se privando de alguns prazeres e com isso toda sua família sofre junto.

Eu fiquei pensando sobre o que falar deste livro. Eu terminei de ler hoje e senti uma paz uma calma interior que não tem tamanho. Tudo o que esse homem passou. Eu realmente estou desejando fervorosamente que cada linha deste livro seja verdade!

Quero agradecer ao William P. Youg, por me mostrar a outra face da Trindade (Deus, Jesus e o Espírito Santo). Quero agradecer especialmente por me mostar o quanto somos mesquinhos e o quanto nossas regras e lei nos corrompe, o quanto a luta pelo poder é ridícula e sem fundamento. Nós humanos nunca nos satisfazemos com o amor de Deus. Sempre queremos mais, sempre duvidamos. E quando acontece alguma coisa, a culpa é sempre de DEUS, nunca nossa.

O livro nos mostra que a Trindade, é um relacionamento e não uma hierarquia, onde Deus é severo e superior. Deus é amoroso, gentíl e quando Jesus morreu naquela cruz, ele estava lá, sendo crucificado, e sofrendo juntamente com ele. Deus nunca nos abandona, ele nos ama tanto que nos dá o poder da liberdade e quando finalmente conseguimos nossa tão sonhada “independência” o julgamos perguntando porque nos abandonastes! Deus não se divide entre seus filhos ele se doa por inteiro a cada um de nós. Mas quando estabelecemos prioridades, mesmo que Deus esteja em primeiro lugar, ao decorrer do dia, aconteceram outras coisas de seu interesse e talvez isso mude. Deus não quer o primeiro lugar. Deus quer ser o centro. O centro do seu mundo!

Eu chorei praticamente o livro inteiro, em algumas partes mais e outras menos, mas quase chorei escrevendo esta resenha. Uma pessoa disse pra mim que não gostou do livro, eu fiquei decepcionada agora que li. Pois eu acho que a pessoa que leu e não gostou, não entendeu a verdadeira essência do livro. Não sentiu a presença de Deus em cada parágrafo.

Aprendi muito com o livro e espero que ele seja um bom aprendizado a vocês.

– Perdoar não significa esquecer, Mack. Significa soltar a garganta da outra pessoa.

– Mas eu achava que você esquecia os nossos pecados.

– Mack, eu sou Deus. Não esqueço nada. Sei de tudo. Para mim, esquecer é optar por me limitar. Filho – a voz de Papai ficou baixa e Mack olhou-o diretamente nos olhos profundos e castanhos -, por causa de Jesus, não há agora nenhuma lei exigindo que eu traga seus pecados á mente. Eles se foram e não interferem no nosso relacionemto.

Espero que esse livro transmita a vocês a vida que ele me transmitiu. Tudo o que eu queria escrever ou falar sobre o livro não caberia aqui. Conheçam Deus, como o verbo, que ele é. E aprendam que o amor é a resposta pra tudo!

Beijos, Mila ♥

Resultado: Promoção Anna e o Beijo Francês!

3 Ago

Oi galerinha, como estão? Minhas Férias acabaram e eu fiquei só na sombra e água fresca! rs -E no débito com muita gente e principalmente com o blog! Me desculpem por isso, eu prometo me redimir. =)

Hoje eu vim fazer duas sortudas felizes. rs Finalmente saiu o resultado da promoção e quem ficou triste por não ter ganhado, não fique. Terão outras oportunidades!

Vamos as ganhadoras? ;D

E a segunda ganhadora foi a:

Parabéns Queridonas! Espero que gostem do lindo kit e tenham uma boa leitura!

Quero mandar um beijo especial para a Miriam, do blog Livros, Bobagens e Guloseimas, que em parceria com o Sonhos entre Pontinhos fez dessa promoção um sucesso! E agradecer a Editora Novo Conceito, por nos ajudar a realizar esse incrível trabalho!

Beijos Galera e até a próxima.

%d bloggers like this: