Tag Archives: Anne Hathaway

Sessão Pipoca: Amor e outras Drogas

17 Ago

Elenco: Jake Gyllenhaal, Anne Hathaway, Hank Azaria, Judy Greer, Gabriel Macht ,Katheryn Winnick, Oliver Platt, Jaimie Alexander, George Segal, Brenna Roth.

Direção: Edward Zwick

Gênero: Drama

Duração: 113 min.

Distribuidora: Fox Film

Sinopse: Jamie (Jake Gyllenhaal) é um vendedor que trabalha no cruel universo farmacêutico e usa seu charme tanto no trabalho quanto com as mulheres para se dar bem. Enquanto tenta bater o recorde de maior número de vendas, ele cruza seu caminho com Maggie (Anne Hathaway), uma mulher de espírito livre que não quer se prender a ninguém, e ele tem uma surpresa. A evolução no relacionamento deles faz com se encontram sob influência de uma droga: o amor.

Um misto de amor, drama e comédia surgiram no filme. Jamie galanteador que só, “pegou” sem compromisso a metade do elenco, rs Coisa que para ele é fácil, com aqueles lindos olhos azuis, muito experiência com as mulheres e saber exatamente a hora de dizer as coisas certas. Após um pequeno problema em seu antigo emprego, o de vendedor de eletrodomésticos, Jamie vai trabalhar como revendedor de remédios, a missão dele é convencer os melhores médicos do País usar o produto que ele vende, o que não é uma tarefa fácil. Durante essa longa caminhada, de tentativas e mais tentavis, Jamie conhece Maggie uma jovem diagnosticada como portadora do Mal de Parkinson, mas que adora fazer um sexo casual.

  Um romance sem compromissos e sem exigências, flui entre os dois. Seus encontros tornando-se cada vez mais constantes e sem perceber acaba nascendo uma paixão avassaladora. Jamie por não conseguir suprir a cota de seu remédio inicial, em um jogada de mestre o modifica para o Viagra e Boooom! Surge um ídolo e mais um rico da geração. Com sua lábia de bom galanteador, ele convence a todos os homens do País aceitarem os benefícios do Viagra. Entre a fama, o amor e as doenças, Jamie descobre que Maggie é tudo aquilo o que ele tinha medo de querer, mas que sem ela já não dá mais para viver. Maggie por outro lado, com medo do futuro e do rumo que as coisas estão tomando, tenta tornar tudo mais fácil para os dois, ela está convencida de que será um estorvo para Jamie e não acha justo pedir que ele pare sua vida por ela.  Com medo, Maggie tenta evitar o inevitável.

A química entre Jake e Anne, é inegável, como já podemos conferir em ‘O Segredo de Brokeback Mountain’, de 2005 com o Heath Leager.

É importante nos apergamos aos detalhes do filme e prestar muita atenção, porque tem coisas que podem ficar soltas pelo ar. A história se passa em 1996, com uma trilha sonora impecável, composta por “Two Princes”, dos Spin Doctors; depois “Cannoball”, dos Breeders; mais na frente, “Praise you”, do Fatboy Slim; e “Jack-Ass”, do Beck.  Eu acredito que eles souberam explorar muito bem a época, com detalhes e figurinos apropiados, mas a estória que tinha tudo para ser original e fantástica perdeu-se um pouco o brilho quando tentaram transformá-la em uma comédia romântica. Com uma pitada de humor, acho que faltou um pouco mais de Cenas Chaves,  para que a estória ficasse bem explicada. Teve momentos que me distraí e depois me perguntei, ‘O que aconteceu?’

Jake e Anne foram muito corajosos e entregaram-se fielmente ao papel, ficando completamente Nus em diversos momentos. Ambos foram indicados ao Globo de Ouro nas categorias de melhor ator e atriz.

Um filme emocionante, com uma mensagem bem impactante, só faltou ser mais explorado em determinados momentos. Uma das minhas cenas favoritas é quando Maggie, vai á uma convenção com Jamie, mas ao atravessar a rua e entrar em uma palestra de portadores do Mal de Parkinson, descobre que ainda pode e dá tempo de ser feliz.

Me decepcionei com o final água com açúcar, esperei muito mais, mas é um filme que vale á pena assistir, simplesmente pela perfeita escolha dos protagonistas.

Quotes:

“Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então encontra uma pessoa, e sua vida muda. Pra sempre.”

“Eu me preocupava bastante com o que queria ser quando crescesse, quanto ganharia ou se me tornaria alguém importante. Às vezes, as coisas que você mais quer, não acontecem. E às vezes, as coisas que jamais esperaria, acontecem.”

O filme foi Baseado no livro ‘Hard Sell: The Evolution of a Viagra Salesman’, de Jamie Reidy.

Espero que gostem da Dica! ;D

Beijos, ♥

Rio

12 Abr

Geeeente eu estou apaixonada por este filme! *-*

Totalmente in Love, eu ameei Enrolados, mas o Rio é muito melhor! *-* Ah que orgulho minha gente. Orgulho do filme, orgulho de ser Carioca! Finalmente… =) Gente o Rio é lindo e eu o amo demais!

O filme relata a penosa história das extinções e contra bando de animais! E BLU, é o único macho sobrevivente de uma rara espécie de Arara Azul. Devido á um incidente no começo do filme, Blu vai parar no Minessota, um lugar que é indescutívelmente diferente do Rio de Janeiro. Mas como Blu chega lá filhote, ele acaba se acostumando com o clima, com a rotina e com a prisão (de uma forma boa é claro). É linda a parceria que Blu tem com sua dona Linda! E Blu adora a maneira que vive, ele tem hábitos diários, manias e morre de medo da liberdade… Mas tudo muda quando Linda recebe uma visita inesperada em sua Biblioteca. Blu e Linda embarcam para o Rio de Janeiro e em uma aventura gostosa e cheia de risadas e surpresas.

Rio é um filme animado em 3-D da 20th Century Fox e Blue Sky Studios. É dirigido por Carlos Saldanha e escrito por Don Rhymer. Os personagens são dublados, na versão original por Anne Hathaway, Rodrigo Santoro, Jamie Foxx, George Lopez e Jake T. Austin. Foi lançado em 8 de abril de 2011.

 

 Em desenvolvimento há anos, Rio é considerado “o projeto dos sonhos do brasileiro Carlos Saldanha“. Saldanha anunciou que o filme será mais musical que os filmes da série Era do Gelo. O trailer foi lançado na internet em 20 de maio de 2010, e estreou em Shrek Forever After.

Gente este é um filme que vale a pena! É engraçado. E assim eu ouvi um comentário muito ruim indicando que pegaram pesado com a fama do Rio e tal, de que ficou perjorativo a favela, e o contra-bando. Mas minha gente, vamos e convenhamos, corrupção, crime, irracionalidade existe em qualquer canto do mundo! E a favela daqui a pouco vira cartão postal do Rio, já virou símbolo 😀 Não achei nada de perjorativo no filme, muito pelo contrário… Nunca fiquei tão empolgada com o filme assim, rs pode ser até puxasaquismo, por eu ser carioca. Mas esse com certeza está no topo da minha lista de filmes favoritos. Elé só perde pro meu clássico A Bela e a Fera.

Mas enfim… Me diverti muito com todos os personagens: O Blu, a Jade, a Linda, o Túlio, o Nico, o Pedro – ele é muuito fofo, seu chapéu é uma “chapinha” aquelas tampas de garrafas de vidro… Ah gente e o McDonald’s está dando os bonequinhos do filme, vem junto com o lanche do McLanche Feliz *-* Eu já garanti dois para minha afilhada.

%d bloggers like this: