Tag Archives: Bruxas

#Especial Halloween do Sonhos entre Pontinhos

25 Out

Olá galera, tudo bem com vocês? 😉

Bom, como dia 31/10 é o famoso Halloween (mais conhecido no Brasil como, Dia das Bruxas) Eu resolvi fazer um especial! Espero que vocês gostem! E comentem bastante, pois no dia 31, será o último post do Especial, quem sabe não rola uma supeer Promo! 🙂 Fiquem ligados. Serão 7 dias, consequentemente 7 post’s, cada dia será um post específico, que tal começarmos com a explicação e entendermos um pouco mais sobre esse dia?

Hoje é o primeiro dia/post então, vocês entenderão o que é o Halloween. Então, eu aconselho que antes de começar a ler este post você coloque para tocar essa música:

Mas então vocês me perguntam, o que é, verdadeiramente o Halloween/Dia das Bruxas?

O Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa) é um evento tradicional e cultural, que ocorre nos países anglo-saxônicos, com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos (não existe referências de onde surgiram essas celebrações).

Um pouco da História:

A origem do halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às atuais abóboras ou da famosa frase “Gostosuras ou travessuras”, exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente “fim do verão”).

A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:

Origem Pagã

A origem pagã tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos. A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) acabou mesclando a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou minguando com o tempo. A “festa dos mortos” era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para nós seriam “o céu e a terra” (conceitos que só chegaram com o cristianismo). Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. A festa celebrava com ritos presididos pelos sacerdotes druidas, que atuavam como “médiuns” entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

Origem Católica

Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar “Todos os Mártires”. Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a “Todos os Santos”, a todos os que nos precederam na fé. A festa em honra de Todos os Santos, inicialmente era celebrada no dia 13 de maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para 1º de novembro, que era o dia da dedicação da capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma. Mais tarde, no ano de 840, o Papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente. Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e “All Hallow Een” até chegar à palavra atual “Halloween”.

OBS: Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome actual da festa: Hallow EveningHallowe’enHalloween. Rapidamente se conclui que o termo “Dia das bruxas” não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.

Ainda há muitas coisas por trás desse dia, mas eu não ficarei aqui enchendo linguiça, com informações que vocês podem facilmente com ajuda da internet… 🙂 Essa é só uma apresentação para o nosso Especial, espero que gostem!

Uffa! rs Cansados? Com sono? Desculpem esse post’ chaaato, mas é que eu sou super contra celebrarmos algo, ou falarmos sobre algo e não saber a sua verdadeira origem! E a música ajudou em alguma coisa? rs Ou a escolha foi péssima? Preciso da ajuda de vocês, pois um dos post’s da semana será Playlist, alguém tem alguma dica? Quem palpitar será mencionado no post da Playlist. Quem quiser enviar-me um Email, com dicas de filmes, seriados, músicas que vocês querem que apareçam por aqui, sintam-se á vontade! 🙂 Meu email é: sonhosentrepontinhos@hotmail.com

Espero que gostem dos post’s e quem quiser, pode conferir o #Especial Halloween do ano passado! 🙂

Beijos,

 

 

 

 

FONTE: FOTOS:

Anúncios

Resenha: Nêmesis – O retorno de Astarot – Editora Dracaena

12 Out

 Título: Nêmesis – O Retorno de Astarot

 Autor: Diogo de Souza

 Edição: 1
 Editora: Dracaena
 ISBN: 9788564469242
 Ano: 2011
 Páginas: 361

 Sinopse: Há cento e quarenta anos, Astarot, uma dos maiores demônios já conjurados, dorme, aprisionado pelas magias da família Masters. Mas uma profecia determinou seu despertar, e agora, a família de magos mais poderosa, e influente, do mundo, se vê face à face com a volta de sua Nêmesis. Isabela Zuckermann, jovem ginasta, foi apontada como aquela quem trará o despertar do demônio. Agora, aqueles que seguem Astarot tentam protegê-la, e aqueles que pretendem impedir a profecia querem sua morte. A jornada de Isabela está entremeada com o segredo da prisão de Astarot em 1875, e conforme ela descobre a verdade sobre a magia, sua família e sobre si mesma, mais fica claro que não poderá impedir “O retorno de Astarot.” 

Nêmesis nos transporta á um mundo fantástico e totalmente novo. O livro que retrata a estória de Isabela Zuckermann, a jovem ginasta e filha de Helena Zuckermann,  de como ela descobriu a verdade sobre a sua família e sua vida e no que isso influenciou. E de Ariel Waitem uma Thauren que abriu mão de suas escolhas para torna-se uma Bruxa Estelar. Nêmesis nos conta a saga da família Masters contra Astarot e nos ensina que demore o tempo que for, uma profecia sempre é cumprida.

Nêmesis é o primeiro livro nacional que eu realmente leio. Eu sempre tive muitas expectativas para com esse livro, especialmente porque me apaixonei pela capa assim que a vi. E então eu coloquei na minha cabeça que eu queria, porque queria esse livro! Um beijo especial á Editora Dracaena que tão prontamente cedeu-me. E eu não me decepcionei nem um pouco. Nêmesis é muito bem escrito e sua revisão quase impecável, se encontrei um ou dois erros de português foi o máximo, talvez tenha sido um pequeno deslize de digitação, de vez em quando acontece. Voltando ao livro… O retorno de Astarot é um livro muito inteligente e te faz sentir e vivenciar cada cena. O livro é indiscutivelmente fantástico.

Mas eu devo confessar que o grande destaque do livro, para mim é Ariel Waite! Apaixonei-me por ela, desde a primeira aparição, forte e corajosa, ela quem faz boa parte do enredo ser tão delicioso. Mark Masters meu herói destemido, surpreendeu-me muito também. A única coisa que me deixou triste com relação a Mark era o fato de no começo do livro eu nunca saber o que realmente ele sentia por Ariel, achei um tanto quanto injusto, pois ela estava sempre disposta a assumir o amor dos dois e ele sempre tão, tão… anyway. Por outro lado, o mocinho Cristien Cartier, o fiel escudeiro de Ariel me irritou profundamente. rs Engraçado isso não? Quem já leu o livro sabe do que eu estou falando. Desconfiei dele o livro inteiro, porque eu não conseguia distinguir suas verdadeiras intenções, somente quando Zaharion … SPOILER … É que eu comecei a gostar de Cris, pois só nesse momento ele mostrou-se vulnerável. Isabela também me deu nos nervos. Somente nas três últimas páginas do livro que eu consegui gostar dela. Tudo bem que a menina passou por maus bocados, mas se ela não fosse tão mimada teria agido de outra forma, nunca a perdoarei pelo o que ela fez com Helena. Já Amadi não me irritou tanto, rs apesar do estrago que ele fez, até um certo ponto eu o apoiava,  ainda mais quando ele explica o que acontece á família dele, eu sei que nada justifica, mas… Quando ele começa a perder o controle sobre o terrível sentimento chamado Vingança e a sede de poder é que se começa a duvidar se os motivos dele são realmente válidos.

Este livro me cativou e não me decepcionei de apostar todas as minhas fichas nele. No começo as coisas demoram um pouco a acontecer, mas quando acontecem, acontecem um monte de coisa de uma vez. Me apaixonei pela bruxa de cabelos brancos e ao final do livro, chorei loucamente quando descobri a verdadeira identidade do homem que andava apoiado em uma bengala.

Parabéns ao Diogo Souza que nos últimos minutos do livro, conseguiu surpreender-me e me emocionar com uma reviravolta deliciosa!

– O poder, Ariel… o verdadeiro poder… só tem uma coisa que se poder fazer com ele e que vale a pena ser feita.

Só tem uma coisa que paga o preço da magia. Sabe o que é?

É trazer um mínimo de alívio para as pessoas. É acalentar pelo menos um coração.

O verdadeiro poder só poder ser usado para isso, para a destruição do sogfrimento.

Todo o resto, Ariel… todo o resto é só mais uma ilusão.

Página 191

Espero que leiam e apaixonem-se como eu me apaixonei! E quem já leu, o que achou do livro? Quero saber a opinião de todos!

Beijos,

Sessão Pipoca: Caça ás Bruxas!

20 Maio

Oi gente, estou ficando uma preguiçosa de mão cheia não é ;D rs Mas aí gente são tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo! =)
Que chega no final do dia não tenho forças nem para falar, tenho tantas novidades! *-* Várias novas parcerias, em breve teremos promoções e uma das grandes novidades é que a fofa da Gabi Puppe, me convidou para ser colunista do novo blog do dela, o Vício Diário, isso é muito chique não é, é lógico que eu aceitei, sempre quis isso *-* rsrs sempre sonhei em ter uma coluna em blogs alheios! (leia-se estou aberta a convites)! rs Lá no blog dela irei falar de cinema e ajudar em outras tags sempre que puder!

Mas enfim gente… Hoje eu vim falar de um filme especial! O Caça ás Bruxas, com o Nicolas Cage!

Elenco: Nicolas Cage, Ron Perlman, Stephen Graham, Ulrich Thomsen, Stephen Campbell Moore, Claire Foy.

 Direção: Dominic Sena

Gênero: Aventura

Duração: 98 min.

Distribuidora: Imagem Filmes

Sinopse: Behmen (Nicolas Cage) é um cavaleiro que, depois de vários anos lutando nas Cruzadas, perdeu algumas batalhas, muitos amigos e até a fé. De volta à sua terra natal, ele encontra uma Europa devastada pela fome e a peste negra. Neste cenário de destruição ele se une a um grupo de guerreiros encarregados de levar uma garota, suspeita de ser bruxa, para um monastério distante. Não leva muito tempo até que o grupo perceber que a jovem possui forças sobrenaturais, e que eles estão prestes a enfrentar um mal além da nossa compreensão.

 

Então gente… Quando estreiou esse filme (28/01/2011) eu fiquei louca para assistir! Adoro o Nicolas Cage e fico fã dele a cada filme! Somente quatro meses depois que consegui assistir finalmente ao filme!

O filme conta a história de uma epóca em que a igreja matava os tais “pecadores” em nome de Deus! Behmen e Felson são dois soldados da igreja que passaram por muitas e muitas guerras, matando milhões de pessoas! Quando Behmen mata uma mulher, ele olha a sua volta e vê crianças e mulheres caídas no chão, então ele começa questionar o que julga ser o verdadeiro pecador; desta forma ele consegue enxergar a realidade gritante! Quando Behmen e Felson decidem se eliminar das tropas da igreja, eles fogem, porque naquela época uma pessoa não podia simplesmente dizer que não queria mais servir a Deus, sem fé, Behmen percebeu que só servia para matar. Quando eles chegam a um vilarejo destruído pela peste, mesmo tentando se esconder são reconhecidos e levados até o Rei* (euacho* rs que ele era Rei não lembro rs) Olhem a cara do Rei: (Urgh)

kkkkk – tadinho gente, até o Rei pegou a peste! Enfim…. As pessoas acham que a culpa de toda essa desgraça é a bruxa, que chegou na cidade trazendo a peste junto!

Quem diria que ela tem cara de bruxa? Então gente, nossos guerreiros enfrentam um grande dilema, pois ela é ardilosa e esperta e na primeira brexa que ela encontra ela se aproveita de todas as fraquezas da pessoa!

Então né gente, é aquela velha história do teste de atenção! O filme é feito de detalhes, mínimos e se você pisca, você perde, algo tremendamente importante!

Eu gostei do filme, até o ato final! Eu daria umas 4 estrelas, no máximo! A história é boa, é muito boa, é um filme inteligente e que nos mostra o quanto as aparências enganam.

A amizade entre Behmen e Felson é muito bonita, um conhece o outro, conhece as fraquezas, as melhores virtudes e até aonde o outro pode ir, pelos seus objetivos.

Assistam o filme e espero que gostem! 😀

Um grande beijo a todos!

Especial: Halloween!

31 Out

Como hoje é DIA DAS BRUXAS! Eu resolvi fazer um Top Top especial.

Mesmo quem não irá á uma MEGA FESTA  pode curtir do mesmo jeito!

Vou começar com uma música, que não dá para faltar nesse dia, se seu dia das bruxas está monótono demais, que tal dar uma agitada com uma música especial para o dia? 😀

 Trilher – Michael Jackson

Refrão

Cause this is thriller
Thriller night
There ain’t no second chance
Against the thing with the forty eyes, girl
(Thriller)
(Thriller night)
You’re fighting for your life
Inside a killer
Thriller tonight

A música mais famosa do Rei do Pop, é uma música essencial para o dia das Bruxas, o clipe, é cheio de monstros, muita maquiagem, efeitos especiais e etc, é a música perfeita para você mexer o esqueleto!

 

 Mas se você quer assistir um filminho comendo pipoca e tomando coca-cola, também há ótimos filmes para curtir esse dia das bruxas especial!

Se você prefere assistir uma comédia, pode se divertir com o ZUMBILÂNDIA!

O filme tem Jesse Eisenberg e Emma Stone no elenco, e é sobre um vírus que ataca o planeta e transforma todo mundo em zumbi. Dois amigos Tallahassee (Woody Harrelson ) e Columbus (Jesse Eisenberg) decidem caçar os monstros.

Ou você pode optar também por GAROTA INFERNAL, o filme tem um misto de terr0r com comédia:

O filme está entre o terror e a comédia, Jennfier (Megan Fox) é oferecida num ritual, só que o feitiço dá errado e ela se tranforma num mostro que come os meninos da escola!

Ou então, você pode pegar sua melhor fantasia e sair poraí, pedindo doces, ou fazendo travessuras! 

Bom, o que não faltam são opções para este dia das Bruxas, divirtam-se e depois me contem o que fizeram!

%d bloggers like this: