Tag Archives: David Denman

Resenha: Jogo de Poder – Valerie Plame Wilson – Editora Seoman

18 Set

 Edição: 1
 Editora: Seoman
 ISBN: 9788598903262
 Ano: 2011
 Páginas: 432
 Tradutor: Celina Cavalcante Falck-Cook

Skoob: Livro

Onde Comprar: Livraria Cultura.

Sinopse: Em Jogo de Poder, Valerie Plame Wilson, ex-agente da CIA, tem sua vida e carreira devastadas por acusações falsas criadas pela Casa Branca e o governo Bush por falar abertamente a verdade do poder constituído. A autora assistiu de camarote tanto à politização do serviço secreto pré-guerra quanto aos esforços da Casa Branca para evitar as críticas pós-invasão. Ela foi sacrificada, tal como um Bode Espiatório, o canário que era colocado nas minas de carvão para servir de alerta contra vazamentos de gás. Seu livro representa um testemunho muito sério sobre o clima insalubre da política atual nos Estados Unidos.

Jogo de Poder é um livro muito difícil de falar sobre. Porque não é uma personagem, não é uma história fictícia. São pessoas reais, tratando de assuntos reais, fatos que realmente aconteceram. Valerie Plame, era uma verdadeira Patriota que serviu ao seu País, com amor e devoção e sacrificou não somente sua vida, mas como a vida de sua família para servir ao País e tudo o que recebeu em troca, fora uma grande traição.

Jogo de Poder, conta a estória de Valerie e como ela iniciou carreira como agente secreta, desde o treinamento na Fazenda até o momento da traição. Valerie mesmo após ter os gêmeos, continuou trabalhando na CIA, com uma carga horária menor, isso mesmo antes e depois do atentado terrorista de 11 de setembro. Tendo que ser Mãe, Mulher e Agente Secreta, Valerie cumpriu suas missões com louvor, até onde foi capaz.

Na época, os Estados Unidos estava procurando um motivo para começar uma Guerra contra 0 Iraque. Então começou-se as especulações de que o Iraque e países vizinhos estavam comprando urânio e que  tinham em seus domínios armas nucleares e que a qualquer momento poderiam iniciar a Guerra. Então um dos agentes que trabalhava com Valerie, recomendou que o marido de Valerie, Joe Wilson, ex-embaixador aposentado, fosse a Níger, para tentar descobrir toda a verdade. Se os iraquianos possuíam ou não o urânio. No laudo de Joe, ele afirmava que não haviam provas de que os iraquianos possuíam o material necessário para a construção de uma bomba nuclear, mas o presidente Bush, afirmou em um discurso que os Estados Unidos da América continham provas concretas de que eles possuíam sim, os materiais. Então os Estados Unidos declarou Guerra contra o Iraque, alegando que agiriam dessa forma, para que o Iraque não os atingisse primeiro.

Joe indignado com tamanha mentira, decidiu levar a público as informações que ele obteve na viagem até Níger. E então era apenas um homem, contra toda a América, o governo americano não ficou nada feliz com a exposição que Joe fez. Não contendo provas para incriminá-lo o Governo decidiu revelar a identidade de sua esposa Valerie, que era agente da CIA, na coluna de Robert Novak, em um jornal, em 2003.

Eu acabei de assistir ao filme e a prova que eu tive é que os produtores, roteiristas e até a própria Valerie não souberam como cativar o público, mas não devemos culpá-los, pois você transformar um livro de história em um ficção não é uma tarefa realmente fácil de se realizar. Para mim, o livro Jogo de Poder não passa de um livro de história, com um pouco mais de ação. O livro não é de todo o ruim, apesar das tarjas pretas, e de você ficar indubitavelmente perdido por causa delas. É uma história impactante com certeza e mostra como funciona as leis de um País, movido pelo dinheiro e pela busca do poder.

Jogo de Poder não é um livro fácil de se ler. A leitura, é pesada e cansativa, pelo fato de ser um livro bem detalhista, eu acredito que não poderia ser diferente, pois a vida de uma agente secreta realmente não deve ser fácil, deve ser bem complicado manter várias vidas paralelas á sua real. Porém eu acredito que eles poderiam ter feito melhor. Acho que eles poderiam ter feito uma adaptação, sei lá, só uma sugestão, mas poderiam ter colocado Valerie para narrar os fatos para uma autora de verdade. Pois ela pode ter sido agente secreta da CIA, mãe, mulher. Mas, ela definitivamente não era escritora.

Biografias definitivamente não são minha praia. Mas, se você quiser conhecer um pouco melhor a história dos Estados Unidos e a guerra com o Iraque, ou até mesmo entender como funciona a vida e como é a rotina de uma Agente Secreta da CIA o livro é recomendável. Mas é preferível que você tome muito café, relaxe e tenha paciência, porque esse livro lhe tomará muito tempo.

Elenco: Naomi Watts, Sean Penn, Ty Burrell, Bruce McGill, Brooke Smith, Michael Kelly, David Denman.

 Direção: Doug Liman

 Gênero: Ação/Suspense

 Duração: 106 min.

 Distribuidora: Paris Filmes

Destaque para o filme, que colocaram uma atriz muito boa e que na minha humilde opinião, além de parecer com a verdadeira Valerie, desempenhou um ótimo papel, ao representar, Naomi Watts. E para mim o ponto forte do filme, fora a atuação de Sean Penn (que estava perfeito) incorporou o personagem de uma maneira formidável.

Beijos.

Camila Leite.

Anúncios
%d bloggers like this: