Tag Archives: Deus

RESENHA: A Cabana – William P. Young

4 Ago

 Edição: 1

 Editora: Sextante

 ISBN: 9788599296363

 Ano: 2008

 Páginas: 236

 Skoob: Livro

 Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, “A Cabana” invoca a pergunta: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?” As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Quem não duvidaria ao ouvir um homem afirmar que passou um fim de semana inteiro com Deus e, ainda mais, em uma cabana? Principalmente naquela Cabana.

O livro conta a história de Mack, que vive sobre a A Grande Tristeza, desde o desaparecimento da filha, Missy. Mack sente-se culpado pelo desaparecimento da filha e com consegue fazer nada para mudar esse sentimento, na verdade ele chega a se sentir confortável com toda essa dor, porque ele acredita que Deus, está o castigando por fatos de seu passado. Mack vai á igreja, mas tem um amplo relacionamento com Deus, enquanto que o relacionamento de Deus com sua esposa Nan, é sólido e profundo. Mack e Nan tem cinco filhos, John, Tyler, Josh, (Katherine Kate) e Melissa ou como eles carinhosamente a chamam, Missy.

Mack é extremamente inteligente, e seus assuntos prediletos, são Deus e a Criação e porque as pessoas acreditam em determinadas coisas.

Após receber um estranho bilhete, supostamente enviado por Papai. Papai era o modo carinhoso como Nan tratava Deus, mas Mack não se sentia tão confortável para chamá-lo de Papai. Mack decide voltar á Cabana, ao local de seus maiores pesadelos e medos. Para encarar sozinho, insanamente quem quer que estivesse brincando com a cara dele. Com a picape do amigo Wille, Mack dá um jeito de tirar Nan e as crianças de casa, sem contar a Nan seu planejado, Mack segue viagem. Para o começo de sua transformação.

Uffa! Caramba, Meu Deus do Céu! rs Que estória. Mackenzie Allen Phillips, fora muito maltratado pela vida, em um ato de loucura e revolta acaba fazendo uma grande besteira, em sua adolescência e ele acha que de alguma Deus está ocastigango pelo desaparecimento de sua filha o que ele não percebe é que ele acaba se privando de alguns prazeres e com isso toda sua família sofre junto.

Eu fiquei pensando sobre o que falar deste livro. Eu terminei de ler hoje e senti uma paz uma calma interior que não tem tamanho. Tudo o que esse homem passou. Eu realmente estou desejando fervorosamente que cada linha deste livro seja verdade!

Quero agradecer ao William P. Youg, por me mostrar a outra face da Trindade (Deus, Jesus e o Espírito Santo). Quero agradecer especialmente por me mostar o quanto somos mesquinhos e o quanto nossas regras e lei nos corrompe, o quanto a luta pelo poder é ridícula e sem fundamento. Nós humanos nunca nos satisfazemos com o amor de Deus. Sempre queremos mais, sempre duvidamos. E quando acontece alguma coisa, a culpa é sempre de DEUS, nunca nossa.

O livro nos mostra que a Trindade, é um relacionamento e não uma hierarquia, onde Deus é severo e superior. Deus é amoroso, gentíl e quando Jesus morreu naquela cruz, ele estava lá, sendo crucificado, e sofrendo juntamente com ele. Deus nunca nos abandona, ele nos ama tanto que nos dá o poder da liberdade e quando finalmente conseguimos nossa tão sonhada “independência” o julgamos perguntando porque nos abandonastes! Deus não se divide entre seus filhos ele se doa por inteiro a cada um de nós. Mas quando estabelecemos prioridades, mesmo que Deus esteja em primeiro lugar, ao decorrer do dia, aconteceram outras coisas de seu interesse e talvez isso mude. Deus não quer o primeiro lugar. Deus quer ser o centro. O centro do seu mundo!

Eu chorei praticamente o livro inteiro, em algumas partes mais e outras menos, mas quase chorei escrevendo esta resenha. Uma pessoa disse pra mim que não gostou do livro, eu fiquei decepcionada agora que li. Pois eu acho que a pessoa que leu e não gostou, não entendeu a verdadeira essência do livro. Não sentiu a presença de Deus em cada parágrafo.

Aprendi muito com o livro e espero que ele seja um bom aprendizado a vocês.

– Perdoar não significa esquecer, Mack. Significa soltar a garganta da outra pessoa.

– Mas eu achava que você esquecia os nossos pecados.

– Mack, eu sou Deus. Não esqueço nada. Sei de tudo. Para mim, esquecer é optar por me limitar. Filho – a voz de Papai ficou baixa e Mack olhou-o diretamente nos olhos profundos e castanhos -, por causa de Jesus, não há agora nenhuma lei exigindo que eu traga seus pecados á mente. Eles se foram e não interferem no nosso relacionemto.

Espero que esse livro transmita a vocês a vida que ele me transmitiu. Tudo o que eu queria escrever ou falar sobre o livro não caberia aqui. Conheçam Deus, como o verbo, que ele é. E aprendam que o amor é a resposta pra tudo!

Beijos, Mila ♥

Parabéns Yago! ♥

17 Jun

 

Hoje o blog está em festa gente! É um dia muito especial para mim, por ser aniversário do Meu Amigo, Yago! Desculpem, mas a resenha da Anna fica para a próxima :.s

Porque vocês sabem que a Amizade é uma coisa que não se compra, que se conquista! Hoje, Amigo, você completa mais um ano de VIDA e agradeço a DEUS por me deixar fazer parte dela.

Passamos tantos momentos juntos! *-* Ah amigo como eu sinto a sua falta, das brincadeiras, das risadas! Do modo como você me abraçava toda vez que ficávamos um tempo sem nos vermos, dos segredos, das brigas, dos erros e dos acertos… Um sempre apoiando o outro, independente do que acontecesse! Você costumava ser meu melhor amigo e quando você amadureceu, me entristeci, achando que um laço havia se rompido e jamais pudesse ser costurado novamente, mas hoje, eu também cresci! E a nossa amizade amadureceu junto conosco, hoje somos diferentes, mas nosso amor é inabalável!

Lembra, quando fomos ao louvorzão, só eu e você? Foi tão legal aquele dia, e todas as vezes que eu cantava na igreja, eu só estava segura porque cantava com você!  Acho que nossas vozes juntas funcionam bem! 😀 E ás vezes que fomos á Caravana do Faustão cara… Essa foto aí de cima, é de lá ;D E todo mundo olhando, porque estávamos sentados no chão… Mas as nossas fotos sempre eram as melhores! *-* Lembra que eu achei um ticket extra do Bob’s e fiquei com vergonha de pegar e você pegou para mim e dividimos o lanche, brigando é claro. rs a fome era maior! rs Quando fomos á São Paulo juntos, aaaah foi tão lindo! *_*

Tanta coisa mudou… Eu sempre fui sua parceira fiel e sempre estarei aqui para te apoiar, e nenhum(a) namorado(a) ou qualquer outra pessoa, poderá apagar tudo o que vivemos. E toda vez que eu percebo que você faz questão de mim, me encho de orgulho, por poder dizer que sou SUA AMIGA!

Que Deus te Ilumine e te encha de Felicidade… Que seus desejos sejam realizados da forma que você deseja e que DEUS lhe dê sabedoria para sempre andar no caminho certo e se você cair, por ter escolhido o caminho errado, estarei sempre aqui, não para passar a mão na sua cabeça, mas para te ajudar a levantar e retormar o lugar certo!

Obrigado por ser meu amigo e sempre está perto quando preciso e sempre saber o que falar na hora certa, desculpe-me pelas brigas, mas sem elas, jamais aprenderíamos a respeitar os defeitos um do outro!

Eu te amo!

Camila!

Parabéns!

Que venha tudo novo!

31 Dez

Oi, gente… Aí tenho tanta coisa para contar! =)

A primeira coisa marivilhosa do Dia é que á meia noite já é Ano Novo gente! Eu estou tão ansiosa pela chegada deste ano, que ele venha cheio de realizações, felicidades e muito Deus no coração!

Desejo a todos um Feliz Ano Novo e que vocês aproveitem bastante, pois a vida é curta demais, pena que demorei tanto para descobrir, mas enfim… Agora eu acho que finalmente me encontrei!

Espero que nesta virada do ano, minha vida realmente dê uma guinada de arrepiar! Estou precisando de algo novo, algo inesquecível, eu queria liberdade e estou conseguindo-a, agora como dizia minha querida Clarice Lispector, “O que eu quero ainda não tem nome, eu quero uma verdade inventada!” Estou com muitas vibrações positivas para que 2011 seja uma ano diferente! Desta vez eu farei do meu jeito! Chega de todos decidirem o que eu devo ou não fazer, esta é a minha vez! =)

Desejo a todos um Feliz Ano Novo e muita sorte, amor, paz e saúde!

Beijos, Mila

%d bloggers like this: