Tag Archives: livro

Resenha: Uma Segunda Chance – Susan Wilson

24 Ago

 Edição: 1

Editora: Sextante

ISBN: 9788575426395

Ano: 2011

Páginas: 235

Tradutor: Regina Lyra

 Skoob: Livro

 Sinopse: Adam March teve uma infância sofrida. Abandonado pelo pai e pela irmã antes de completar 6 anos, ele cresceu sozinho e, com muito esforço, construiu uma brilhante trajetória pessoal e profissional. Aos 46 anos, era um empresário rico, bem-sucedido e com planos ambiciosos. Um dia, porém, seu passado volta para assombrá-lo de forma inesperada. Sua assistente, Sophie, lhe deixa um bilhete: “Sua irmã ligou.” Três palavras simples mas capazes de tirá-lo do sério e provocar um colapso nervoso. Descontrolado, Adam agride Sophie e esse gesto impensado o faz perder tudo o que conquistara com tanto esforço – a carreira promissora, o casamento estável, o respeito nos círculos sociais. Agora, morando sozinho num bairro pobre, entregue à solidão e ao álcool, Adam passa os dias servindo comida em um abrigo para os sem-teto. Sua nova realidade o leva a refletir sobre as escolhas que fez e o preço que teve de pagar por se transformar num homem arrogante e preconceituoso. É nessas circunstâncias que conhece Chance, um cão de briga que, assim como Adam, fora endurecido pela vida.

Quando a vida tira tudo o que você tem, a salvação pode estar onde menos se espera.

Você já pegou um livro para ler, sem ao menos saber do que se trata? Então, essa é a minha estória com Uma Segunda Chance. Durante a minha leitura, fui fazendo históricos no skoob, para eu poder deixar gravado, tudo o que eu senti.

O começo do livro é bem confuso, porque temos que nos acostumar com a idéia de que seremos expostos aos pensamentos de um cão. Quem aqui, que teve ou tem um animal de estimação, gostaria de saber o que seu filho pensa? Bom é claro que Chance não fala, só os padronizados, Au Au. Mas seria incríveil você poder saber se está agradando seu melhor amigo não é? rs

Bom, Uma Segunda Chance, é um livro curto, apenas 235 página, se você tiver tempo, coisa que eu não tenho pode lê-lo em no máximo dois dias. E como vocês viram na Sinopse, ele retrata a estória de vida de Adam e Chance, dois lutadores, endurecidos pela vida, lutando a cada dia, por um novo dia. Eu costumo ler o livro inteiro e depois a Sinopse no livro, rs sei lá é um costume louco, mas sou assim, então só descobri o nome do cão, na metade do livro, porque na sinopse eles dizem, mas como não a li. No livro o nome de Chance é pronunciado somente quando Adam o conhece, então como eu não li a Sinopse, antes rs fiquei o tempo todo tentando adivinhar.

Bom, como eu ia dizendo, o livro conta a estória desses lutadores. Adam, após o terrível incidente com sua secretária, perde tudo o que ele considerava precioso, com seu passado esquecido e seu orgulho e preconceito soberanos, ele mergulha cada vez mais fundo em um poço de solidão, poderíamos tratar melhor como Depressão, com uma rotina diária, cumprindo obrigatoriamente cada horário, Adam não vê a hora de sua sentença acabar, não aguenta prestar serviço comunitário, não aguenta o cheiro dos mendigos que ele serve, não aguenta a própria vida. Chance, por outo lado, um lutador nato, batalha todos os dias, em uma arena improvisada, do lado oposto do porão ao que ele descansava. Ele luta, por comida e sobrevivência. Nunca recebeu afeto, portanto nunca precisou e nem soube ser afetuoso, ele só precisa de uma grande oportunidade para fugir dali e ele conseguiu. Novato na rua, Chance foi atrás de Seu Mentor, para ajudá-lo a sobreviver na rua, ele só não esperava que a liberdade fosse tão difícil quanto as lutas. Ferido, machucado, com fome e principalmente com sede, da última batalha, Chance vai parar na última jaula, no corredor de um abrigo. E isso significava fim da linha.

Juntos, Adam e Chance vão descobrir o poder da confiança, da amizade e do amor. Por meio da improvável relação que nasce entre eles, ambos recebem uma segunda chance. O cão tem a oportunidade de continuar vivo e Adam, de recuperar sua humanidade. Uma segunda chance fala de perdas e fracassos, de perdão e redenção. Susan Wilson aborda de forma leve e divertida nossa necessidade intrínseca de dar e receber amor.

Uma estória envolvente, onde fracassos pessoais, nos fazem construir uma fortaleza inabalável, ou até um novo cãozinho chegar á sua casa, seja ele um Poodle ou um Pit Bull. Você vai se apaixonar por esse Pit Bull com meia-orelha e talvez até queira quebrar alguns tabus. Eu chorei no final do livro, porque é impossível você não se envolver em uma estória tão bem amarrada, tão bem narrada, é incrível como um cachorro pode nos conquistar tão de repente e quando se vai, nos arrasa e acaba com as nossas vidas, eu tenho uma cadela e cada vez me apaixono mais pelos cachorros *-*

(…)

– Não é que lhe falte senso de moral. Suponho que o tenha. Apesar de o advogado da outra parte alegar que você é um pisicopata, você não é. Mas seu senso de moral está equivocado. Você está perdido. Está precisando de um pouco de humildade e acho que sei como lhe fornecer isso. Página 39

(…)

– Gostava do meu novo trabalho, que era consolar os homens de rua e fazer dupla com meu humano no jogo da bola de tênis. Simplesmente não conseguia me ver de volta ao ringue. Passei de lutador a pacifista. Admito isso com uma pontinha de vergonha, mas a verdade nem sempre é bela. Um dia fui poderoso e temido. Agora sou amado. Algo muito mais importante. Página 196

Susan WilsonO livro é muito bom, com uma leitura leve  e gostosa, com a narrativa sensitiva e indescritivelmente inteligente.

Obs:No começo do livro, eu não conseguia enxergar Adam como Ser Humano, somente como o tal executivo, poderoso e opressivo. Só quando o conheci melhor que pude até ousar imaginá-lo usando moleton, ou até mesmo uma bermuda. Acho que isso demonstra a intensidade e a transformação do personagem.

Numa época em que o homem só dispunha do céu e das estrelas para se orientar, o Sextante era uma ferramenta fundamental para se atingir o destino desejado. Observando através do Sextante, o navegador se norteava, medindo a distância entre os astros e o horizonte. Foi por essa razão que escolhemos o nome Sextante para nossa editora, fundada em 1998.

Onde Comprar

#Novidades Literárias #2

16 Ago

Olá galera, que tal mais uma central de novidades? =) É sempre bom, manter-se informados não é!

Como eu apresentei aqui para você, no primeiro #Novidades Literárias o Grupo Editorial Pensamento lançou um novo Selo, o Jangada. Vamos conhecer um pouquinho da Editora? =)

 Após 104 anos lançando livros para um mundo em transformação, novo selo chega para ampliar os horizontes da leitura

Com o objetivo de alcançar novos espaços e ampliar o público leitor, o Grupo Pensamento lança o novo selo: Jangada. Segundo o diretor-presidente, Ricardo Riedel, reunindo títulos nas áreas de ficção fantástica e histórica, a criação da nova linha editorial amplia os temas oferecidos aos leitores. “Apesar de já termos publicado em nossos selos atuais algumas obras de ficção, decidimos criar uma linha editorial específica para a área, reforçando ainda mais a presença do grupo no mercado”, afirma Ricardo Riedel.

O nome Jangada veio através de algo em comum entre os integrantes da família Riedel: a paixão por barcos. O Logotipo foi inspirado em uma das obras de arte do famoso pintor Carybé, que teve inclusive alguns de seus álbuns publicados pelo grupo editorial. Além disso, o artista plástico foi amigo pessoal do Sr. Diaulas Riedel, pai de Ricardo e diretor-presidente do grupo até 1997.

Que tal conhecer um pouco dos títulos da Editora?

Os livros que o Grupo Editorial Pensamento irá lançar nos próximos meses são: Como (quase) Namorei Robert Pattinson, A Sociedade Secreta da Bola de Cristal Cor-de-Rosa, O Ouro de Mefisto, Awake At Dawn e Tempest (os últimos dois ainda em processo de tradução). A Editora Jangada prevê lançar por volta de vinte novos títulos por ano.

Nascida à Meia-Noite (Saga Acampamento Shadow Falls)

Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal.

No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma…

A Editora Patuá, também está com uma super novidade. Ela está lançando o livro Mingutas: correndo da carranca do carimbo, caramba!

 Você já ouviu falar dos mingutas? Com lançamento confirmado para o dia 25 de agosto, Mingutas: correndo da carranca do carimbo, caramba!, o primeiro romance do jornalista e escritor Edison Veiga é uma fuga disparatada pelo universo assimétrico e desengonçado desses nove seres irresponsáveis, arredios e peculiares. Infiltrados em livros ou escapando dos laboratórios de observação, os mingutas aprontam trocadilhos, causam problemas e não sabem se encerrar em si mesmos; pelo contrário, são uma ameaça constante à integridade física e mental de seus interlocutores e, em todas as instâncias, daqueles que se aventurarem a ler esta instigante obra.

Trecho: 
 “Um dia, ou uma noite, não sei ao certo porque não vi, estavam todos os nove mingutas cor de abóbora deitados ao sol do meio-dia, ou à lua da meia-noite, não sei ao certo porque não vi, me contaram, e eles diziam sem parar bom-dia, ou boa-noite, não sei ao certo porque não vi, me contaram, mas eu dou fé, e começaram todos a tentar esquecer a pequenez daquele dia, ou daquela noite, não sei ao certo porque não vi, me contaram, mas eu dou fé, fonte confiável, só que não é nada fácil conseguir esquecer todo um dia, ou uma noite, não sei ao certo porque não vi, me contaram, mas eu dou fé, fonte confiável, não tem nem como contestar.”

O autor: Edison Veiga viu os mingutas apenas uma vez, em 2003. Não teve tempo para fotografá-los; não é capaz de descrevê-los para um retrato falado; não se lembra onde foi que os encontrou. São tantas negativas que, de tanto enfrentar o descrédito dos amigos, escreveu este livro para provar a existência de tais seres intransitivos. Antes, o escritor já havia publicado Enigma e Essa Tal Proclamação da República. Nascido em 1984, na pequena e bela Taquarituba (SP), gosta de mergulhar, fotografar e ser palmeirense. Coleciona livros à moda antiga – estes de papel. Jornalista, trabalha no jornal O Estado de S. Paulo, é colunista da rádio Estadão ESPN e mantém os blogs edisonveiga.wordpress.com, cronopolitano.blogspot.com e blogs.estadao.com.br/edison-veiga.

O lançamento: O lançamento será realizado dia 25/08, quinta-feira, às 19h, no Empório Alto dos Pinheiros – Rua Vupabussu, 305, Pinheiros, São Paulo. A entrada para o evento é gratuita e o livro estará à venda pelo valor de R$30,00 (dinheiro / cheque).

Em breve galera eu trarei novidades DO BLOG! \o/ Então fiquem ligados!

Beijos, Mila ♥

Para Dante! <3

5 Ago

Você tem um ídolo? E o que você seria capaz de fazer por ele? E se você tivesse a oportunidade de conhecê-lo, o que diria a ele?

Sinopse: Se você se apaixonasse pelo seu ídolo, ele poderia se apaixonar por você? Fique por dentro dessa historia real, que promete ser sucesso entre fãs de todos os mundo. Afinal quem disse que é impossível realizar todos nossos sonhos? Era loucura, mas eu provei ao contrario!

“Nunca imaginei me apaixonar por alguém que nem ser quer sabia da minha existência…” 

“Na verdade não sabia que milagres aconteciam, mesmo acreditando nisso mais que tudo. Ainda lembro-me da voz dele cantando como vinda de algum lugar do céu. – Não poderia jamais ter apagado ele da minha vida porque ele é como uma estrela sempre brilhante no meu céu, e estrelas não morrem. Sou fã incondicionalmente dele, e para falar a verdade, de tudo que há nele.”
 
Hoje quero que vocês conhecem o livro “Apaixonei-me Pelo meu Ídolo – Para Dante.”
 
Todos nós em algum momento de nossas vidas, criamos ilusões com relação a alguma pessoa. Os colocamos em pedestais, como se fossem perfeitos, intocáveis. É um amor inexplicável, insubstituível e ridiculamente incompreendido, por pessoas que não o sentem.  Mas a verdade é que, seja qual for o nosso ídolo, seja ele, Ator, Cantor, Jogador de Futebol, Modelo ou até mesmo aquele vizinho lindo, que é o baterista de uma banda sem sucesso e com o nome esquisito, sempre criamos expectativas, amores platônicos para fugirmos da solidão. Aquela pessoa então torna-se o centro de nossas vidas. E nós o amamos, mesmo ele não nos conhecendo, mesmo tendo que dividir esse amor, com mais um bilhão de pessoas. Nós o amamos como se não houvesse amanhã e sempre achamos que “Nós” somos e sempre seremos. A Fã número 1 deles. E que um dia, nem que seja por um breve momento, ele nos conhecerá e dirá que esperou por alguém como “Nós” o tempo todo. Mesmo que não seja possível um único Ídolo namorar todas as fãs, ficamos gratas por eles saberem, que em algum lugar do planeta, há milhões de pessoas que o querem bem! E não há nada mais gratificante que isso.
 
O livro conta a história de Beatriz, que aos 14 anos se apaixonou por Dante e teve que compartilhar este amor, com bilhões de pessoas. É simplesmente a história de uma garota que se apaixonou pelo seu Ídolo e viveu grandes aventuras para estar com ele. E o melhor de tudo é que ela conseguiu!
 
O livro Apaixonei-me Pelo Meu ídolo, foi baseado na história real da Autora, Renata Pacheco, que recentemente tornou-se parceira do blog! ;D É estou tão feliz, ela é nossa primeira Autora parceira!
 
Se você quer se apaixonar mais ainda pelo livro, siga-o no twitter @ParaDante e apaixone-se pelas incríveis frases que a Autora solta via twitter ;D
 
Ou então que tal visitar o site do livro e ficar ligado nas novidades? ;D http://www.paradante.com
 
E você ainda poder ler os primeiros capítulos do livro: http://leiaolivroparadante.blogspot.com/
 
Embarque nessa aventura e Apaixone-se pelo livro que conta o sonho da maioria de muitas fãs! *-*
 
O importante é nunca desistir do Sonho, pois se deu tudo certo com a Beatriz, quem sabe também não possa dar com você?
 
O livro estréia em todas as livrarias do Brasil em Outubro!
 
Em breve resenha do livro e novidades, da Autora e para vocês!
 
Beijos, Mila ♥

#Sorteio no Facebook

20 Jul

Olá galerinha, tenho uma novidade para vocês! ;D

O blog agora também está no facebook.

E em comemoração a isso, quero presenteá-los!

Que tal ganhar esses dois marcadores de página, incríveis?

É muito fácil participar, quando a página do blog chegar a 100 “Curtidas” eu vou sortear esses marcadores entre os participantes.

E para participar é fácil, você deve ir na Página do Blog no facebook e clicar na opção Curtir e publicar no Mural que você “Curtiu” a página do blog, depois disso tudo, você deve preencher esse formulário AQUI!

E pronto! Você já está participando! ^.^

Boa Sorte a TODOS!

 BEIJOS,  ♥

[Resenha] Uma Herança Preciosa.

28 Jun

  Edição: 1

 Editora: Sextante

 ISBN: 97888575426289

 Ano: 2011

 Páginas: 160

 Skoob: Livro

 Sinopse: Jason Stevens foi o principal herdeiro de Red, seu avô bilionário. Mas para receber sua fortuna ele precisou aceitar uma condição: durante 12 meses deveria cumprir uma série de tarefas, aprendendo lições de vida sob a supervisão do melhor amigo do avô. Como Red planejara, ao fim dessa jornada o neto havia se tornado mais humano e preocupado com os outros. Assim, Jason passou a controlar o Fundo Red Stevens: bilhões de dólares destinados a compartilhar com as pessoas o que aprendera. “Quem salva uma vida salva o mundo inteiro”, diz o ditado. Red salvou Jason e o rapaz agora está empenhado em ajudar o próximo. Mas a família pode impedi-lo de realizar esse desejo. Jason precisa provar que realmente teve a vida transformada pelas lições do avô e, mesmo sem recursos financeiros, é capaz de fazer a diferença no mundo. Nesta emocionante sequência do best-seller A dádiva mais preciosa, você verá que os menores esforços contam quando se quer mudar o mundo.

O livro conta a história de Jason Stevens, que tem que provar perante a lei, que é merecedor da pequena fortuna que seu Avô lhe deixou, o livro é narrado pelo Juiz, Stanford A. Davis, uma pessoa correta e que passou por muitos momentos na vida e por isso apreciava-os com todo o gosto, de um lado o Clã dos Stevens, que moveram uma ação contra Jason, guiados pelo Advogado L. Myron Dudly, querendo tirar dele os bilhões de dólares que Red o deixara, do outro lado Jason, em um primeiro momento com um advogado “de aspecto pouco expressivo.” Em outro instante Jason pôde contar com a ajuda do Advogado e Amigo de confiança de Red Stevens, Theodore J. Hamilton.

Com a batalha travada entre os dois vértices de uma mesma família, O Caso, que é como fica conhecido e marcado, se estende então á um ano. A cada mês, Jason tem que voltar ao tribunal e provar como mudou com cada Dávida fornecida por seu avô, com até sua mãe contra si, Jason se vê, rodeado de estranhos, que por fim, acabam fazendo parte de sua vida, como seus amigos, como sua nova família.

A Dádiva dos Problemas

– Emily foi piorando cada vez mais, sem que se pudesse fazer nada. Sei que a doença devia ser dolorosa e terrível para uma garotinha, mas Emily nunca se queixou. Ela me ensinou muito com seus problemas e com seu sofrimento. Primeiro, me ensinou a alegria: que em qualquer circustância as pessoas podem ser felizes se resolverem ser felizes. Depois, ela me ensinou a coragem. Na verdade não existe nada pior do que passar uma vida inteira com medo. E, finalmente, me ensinou a amar. Aprendi a amar aquela criança como uma parte especial e inesquecível da minha vida própria vida. E ela me ensinou a amar sua Mãe, deixando para nós dois esse amor tão especial. Eu espero passar o resto da minha vida com Alexia tendo como base as liç~~oes que aprendi com Emily e seus Problemas.

Página. 89

Não cheguei a ler, Um Dádiva Preciosa, mas após ler Uma Herança Preciosa, me tornei uma nova pessoa, o livro me mostrou o quanto “nós” Seres-Humanos somos mesquinhos e o quanto o dinheiro hoje em dia se tornou mais importante do que os valores morais e familiares!  O livro nos faz refletir, sobre como nos importamos com coisas banais e o quanto estamos perdendo deixando as coisas que realmente são importantes de lado, o livro nos ensina, que a Vida é a Dádiva mais Preciosa, que Viver, é o nosso maior presente, e que cada vitória e derrota é um aprendizado, podemos extrair coisas boas e amadurecimento de tudo, e devemos aproveitar o máximo nossos dias, pois nunca saberemos qual será o último. Eu acho que todo adolescente, ou qualquer pessoa que esteja passando por uma crise existencial, deveria ler este livro e perceber que nossos problemas não são os maiores do mundo e que hoje eles nos ensina algo e amanhã seremos gratos á eles por nos tornar fortes.

Me emocionei muito com o livro, as 12 Dádivas, devem ser cultivadas no dia-a-dia e acredito que todos que lerem este livro, teram o anseio de se tornar uma pessoa melhor, eu comecei a rever meus conceitos e descobri que tenho sido, ingrata, injusta e estou desperdiçando demais a minha vida.

Quero agradecer á Sextante que me forneceu esse momento de Reflexão!

O que estão esperando, corram para ler o livro, aposto que depois dele, todos irão querer mudar o mundo! *-*

O maior legado que alguém pode receber, são valores sólidos para guiar sua vida.

Um grande beijo a todos!

 

Cheirinho de inverno!

21 Jun

Hum alguém, pode sentir esse cheirinho? É, eu sei que não! rs Ou pelo menos os cariocas não com esse tempo doido, onde Outono tem cara de Inverno e Inverno com cara de Outono, não dá nem para saborearmos a essência da estação… Mas não podemos negar o fato de que mudamos de estação… Então que tal revermos algumas coisas que tem cheirinho de inverno? =)

 

O Inverno nos lembra o que?   Acertou quem falou chuva… Tem coisa mais gostosa do que você sentir o cheirinho de terra molhada? Tá eu sei que, chuva é ruim porque nos prende em casa e tal… Mas tudo tem seu lado bom, quer ver?

 

Se estiver chovendo muito e você não conseguir sair de casa, sabe o que você pode fazer? 😀

Tomar aquele café delicioso, que só a sua avó faz…

Ou aquele irresitível chocolate quente que seu amor fez com tanto carinho para você se esquentar. E ainda pode comer uns bolinhos sem culpa, o Inverno é uma boa desculpa para engordar uns quilinhos, com todas as roupas de frio ninguém nem vai notar no seu pneuzinho cheio de culpa!

 Se eu ainda não te convenci, que tal dar aquela arrumada na sua estante de livros? Que eu aposto que está de cabeça para baixo, porque você lê um livro atrás do outro e ainda  não teve tempo de arrumar…

Eu posso jurar que além de deixar tudo arrumadinho, você ainda vai fazer sua mãe feliz e aposto que você também ficará, porque ela finalmente vai parar de gritar!

Ou então, que tal reservar um tempo e terminar de ler aquele lindo romance que você se apaixonou até pelo Vilão, só que a correria do dia não te deixar terminar? Está na hora de descobrir se a mocinha vai ficar com o Mocinho e o se o Vilão vai se dar mal no final! 😀

E se ainda assim, com todas essas opções o Inverno não te conquistou, a minha carta na manga é:

 

 Volte para cama e curta o friozinho  com seu amor… Leve o café da manhã para a cama e não saia de lá nem por um decreto!

 

 

 

Porque nesse frio, não há nada mais gostoso do que um bom abraço, e um cobertor quentinho…

 

 

 

Beijos Querido! Espero que ninguém morra de frio! 😀

[Resenha] Anna e o Beijo Francês!

20 Jun

Título: Anna e o Beijo Francês! 

Edição: 1

 Editora: Novo Conceito

 ISBN: 9788563219329

 Ano: 2011

 Páginas: 288

Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

Sabe, quando você se apaixona por um livro antes mesmo de lê-lo? A capa de Anna e o Beijo Francês, é irresistível, adoro títulos em auto relevo, e então eu já estava tomada de amor por aí! Minha meta era ler o livro em 2 dias, porque quando comecei a ler percebi que o livro era leve e talvez eu conseguiria!

Anna é uma adolescente que está certa de que sua vida em Atlanta é perfeita, ela tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. E ela acredita que ao  ser enviada obritatóriamente para Paris toda a solidez da sua vida se desmoraná, ela não quer largar seu irmão Sean e nem tudo o que conquistou.

Quando chega a  Paris se sente deslocada, por não conhecer muito sobre a cidade e por não falar francês! Anna se desespera ao perceber que está sozinha em um País estrangeiro, e que não sabe nem ao menos pedir sua própria comida.

Até que Anna, conhece Etiénne St. Clair, inteligente, charmoso e bonito, dentre todas as perfeições dele, Anna encontra apenas UM defeito… Ele tem uma namorada… Os dois se aproximam e as coisas ficam cada vez mais difícieis, mas insutentáveis! Anna e St. Clair, passam por muitas provas durante um ano, e amadurecem muito, juntos! Acho que os dois acabam sendo suporte um para o outro.

Será que um ano inteiro em Paris terminará com o esperado Beijo Francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

Eu fiquei encantada com o livro, o li infelizmente, em 3 dias… :s foi o que eu consegui, mas ainda é um record! Aiii gente como é difícil resenhar sabiam? rs Que vontade de contar a vocês os detalhes, o quanto certas pessoas são idiotas e o quanto os personagens crescem e ganham um destaque inacreditável, aaaai que vontade de mostrar trechos lindos, importantes! Mas eu juro que vou me controlar, não é justo com quem não leu ainda!
Vou confessar a vocês que quando eu estava na metade do livro, eu quase chorei, pedindo por favor para não acabar! Sabe a Stephanie fez um ótimo trabalho nesse livro, ele te envolve, te seduz, te deixa com gostinho de quero mais, com gostinho de que “não quero parar de ler” 

Enfim, o livro vale a pena ser lido e ele concerteza entrou para minha lista de preferidos! Por ser leve, prático e amável!

Como a Maureen Johson disse: “Muito astucioso. Muito divertido. Muito romântico. Você deveria namorar este livro!”

Espero que leiam e gostem! Pois o livro é incrivelmente sensacional!

Beijos, Mila

[Resenha] Água para Elefantes!

16 Jun

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788599296158
Ano: 2011
Páginas: 272

 Skoob: livro

 Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solí­citas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora. Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento – o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.

Essa é a resenha, mais difícil que já escrevi até agora, por “N” motivos… Demorou, mas finalmente sairá. Gente demorei tanto a terminar de ler este livro, nem sei porque, para resenhar então nem se fala, mas disso eu sei o motivo! 😐 Eu tenho o costume/mania feio(a) de resenhar com o livro do meu lado… Mesmo que eu já saiba tudo o que tenho que escrever, mesmo que eu tenha gravado cada frase de todos os capítulos, eu não consigo escrever sobre um livro se ele não estiver perto de mim! Coisa de doido não é, mas quem disse que eu sou normal? rs Mesmo sendo loucura, eu já desisti de tentar entender o porque!!

Eu simplesmente amei o livro, e por isso não entendo o porque foi tão difícil minha relação com ele… Este livro mexeu muito comigo, de uma forma mais humana, Jacob, é muito humano… Enfim, vou contar sobre a minha saga com o livro e depois resenho o livro, já virão que o post ficará mega-gigante né!

Na verdade eu e o livro Água para Elefantes criamos uma história juntos, tudo começou quando a Editora Sextante, que por sinal depois desse episódio se tornou parceira do blog, anunciou no twitter que o segundo dia da promoção: “Hoje é seu Aniversário?” seria no dia 15/04, eu surtei de verdade! Só que quando chegou no dia 15/04 eu fiquei muito ocupada e quase não entrei na net, fiquei com medo de perder a promoção, de tardezinha, quando a editora anunciou, eu fui a primeira a ver o tweet e quando recebi a DM dizendo que eu havia ganho meus olhinhos ficarão assim: *-* Daí começou a saga, porque eu deveria enviar uma foto do meu documento de identificação, até ás 23:59h do mesmo dia, saí do trabalho toda feliz, quando fui tirar a foto da minha carteira de trabalho, o flash massacrou tudo, depois de tentativas falidas eu desisti, para completar, meu modem quebrou e meu pc decidiu parar de respirar justo no momento que eu mais precisava dele. Eu fiquei triste e chateada, o final de semana passou-se e na segunda-feira eu despejei toda a minha frustração no twitter, então eu recebi uma reply iluminada – eu devia ter favoritado aquilo – me dando forças para explicar o ocorrido! E o fofo do Rafael, me tratou super bem e entendeu super tudo o que havia acontecido! Obrigado Rafa! =)

Uma ou duas semanas depois, meu livro enfim está em minhas mãos. Conheço, Jacob, Grady e Marlena e o grande estouro de animais… O Prólogo é uma das minhas partes favoritas… Então meu amigo decide me emprestar Meu Pai fala cada M*rda, que vocês viram a resenha AQUI! Parei de ler Água para Elefantes e ele ficou encostado durante uma semana, quando engatei novamente na leitura, comecei a ler, lentamente entre o intervalo do trabalho e a escola, entre uma soneca ou outra em um ônibus lotado! Uma semana depois, finalmente, nas últimas 20 páginas, fui ao parque e levei o livro na bolsa, ô mania maldita de viciados em livros de levá-los tudo para quanto é lugar! Choveu, depois joguei o guarda-chuva dentro da bolsa, quando cheguei em casa chorei e ainda gritei com a minha mãe, – tadinha – porque meu livro estava molhado :s Ela me arrasou dizendo que a culpa havia sido minha, rs chorei de verdade gente… Quando finalmente faltavam 5, eu disse 5 páginas, estava eu, lendo sorrateiramente no ônibus, me vem uma alma abençoada e me passa uma garrafa de latinha por cima do meu livro! Respirei fundo, contei até 10, fechei os olhos, comi chocolate e enfim terminei de ler o livro… Uffa!! rs Que história não! rs

Falando rapidamente sobre o livro, ele conta a história de Jacob, e o livro é contado em dois momentos, Jacob novo, e Jacob maduro, A narrativa é bem leve e a cada página, você se envolve e se apaixona mais por Jacob. Com toda sua humanidade e seus defeitos, ele consegue te conquistar rapidamente… Cada personagem do livro te traz um sentimento diferente, uma sensação indescritível, mesmo Agust sendo do mal, senti uma terrível pena dele, queria que Rosie tivesse um destaque maior e eu confesso que não consegui desvincular Jacob e Marlena de Robert e Reese. O amor dos dois é lindo, e vai além do carnal, Jacob sente que deve cuidar não somente de Marlena, mas de todos aqueles que precisam de seu cuidado! Jacob na parte idosa, é uma graça, muito encantador,  engraçado e sincero, o que na maior parte das vezes é confundido com rabugento!  Eu me apaixonei pelo livro e estou ansiosa para ver o filme, fiquei um pouco irritada porque Rosie demora demais para aparecer, mas ela é uma fofa, confundida com estúpida, Rosie mostra que é extremamente fiel! *-* Eu adoro o prólogo que tem uma frase de Theodor Seuss, dizendo que “Um Elefante é extremamente fiel.”

Apesar de algumas falhas, eu acho que é um livro cem por cento humano e que apresenta o cotidiano verdadeiro de um circo! O livro faz você experimentar vários sentimentos diferentes e isso é o que importa, porque eu acho que se um livro me emociona de diferentes maneiras ele é indescutívelmente especial!

Um beijo,

[RESENHA] Dezesseis Luas!

14 Jun

 Dezesseis Luas

Edição:

Editora: Galera Record

ISBN: 0

Ano: 2011

Páginas: 485

 Skoob: livro

 Sinopse:  Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece… Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. Eleito pelo Amazon um dos melhores livros de ficção de 2009. Direitos de tradução vendidos para 24 países. Um filme da série está sendo produzido. “Pacote completo: um cenário assustador, uma maldição fatal, reencarnação, feitiços, bruxaria, vudu e personagens que simplesmente prenderão o leitor até o fim…”

Assim como o livro Como se livrar de um Vampiro Apaixonado, Dezesseis Luas foi paixão instantânea, eu não sabia sobre o que falava o livro, simplesmente o vi na prateleira da livraria amei a capa e fiquei me corroendo de vontade de tê-lo. Depois de um tempo babando pelo livro, convenci meu amigo Marcos! Obrigado, Marcos 😀 A dividir o valor do livro comigo, apesar dele estar em promoção eu já estava com minha conta estourada! 😀 Enfim… Comecei a ler o livro no mesmo dia que comprei, dia 01° de Junho e acabei hoje! *-*

A escuridão não pode expulsar a escuridão;

só a luz pode fazer isso.

O ódio não pode expulsar o ódio;

só o amor pode fazer isso.

Martin Luther King Jr.

E o livro começa. O livro é narrado por Ethan Wate um jovem sulista que tinha o sonho de sair de Gatlin uma cidade onde nada se escondia, onde nada mudava, Ethan cresceu ouvindo a seguinte frase: – Havia apenas dois tipos de gente em nossa cidade. “As burras e as empacadas”, que foi como meu pai afetuosamente classificara nossos vizinhos. “Os que estão condenados a ficar ou são burros demais para ir embora. Todos os outros acham um meio de fugir.”

Desde que perdera a mãe, Ethan fora criado pela governanta da casa Amma/Amarie – vidente e cheia de manias e amuletos vodus… Ethan achava que sua cidade jamais mudaria, mas ele estava enganado! Quando a esquisita – barra – linda – barra – diferente, Lena Duchannes chega ao colégio tudo muda, Lena, primeiramente ganha todas as atenções (boas), por ser extraordináriamente linda, com seus belos olhos verdes, seu cheiro inconfundível de limão e alecrim e seu cabelo longo e encaracolado. Quando descobrem que Lena é sobrinha, e foi morar com o Velhor Sr. Ravenwood, (o recluso da cidade) as coisas mudam um pouco de figura… : “- Todos continuaram a falar dela, das roupas e dos cabelos e do tio dela, e do quanto ela provavelmente devia ser esquisita. Isso era o que eu mais, odiava em Gatlin: o fato de que todo mundo tinha alguma coisa a dizer  sobre tudo que você falava, fazia ou, nesse caso, vestia.”

O livro inteiro é composto de detalhes e cada personagem é minuciosamente importante, cada personagem é uma peça chave no desenrolar da história que desencadeia uma série de acontecimentos. No livro não tem pontos soltos, e cada acontecimento leva ao seguinte! Como eu disse a capa do livro é linda e dentro dele tem 3 árvores genealógicas! *-* É tão lindo…

Enfim, o livro conseguiu prender bastante minha atenção, apesar de ter me distraído nas partes em que Ethan fala sobre a Guerra Civíl e a batalha de Honey Hill o quanto isso era importante para Gatlin, o quanto eles se orgulhavam disso. Ele dá muito detalhe da Guerra, e o  Sr. Lee é um chato  professor de história retardado rs Então eu boie legal na história da batalha.

Ethan renuncia de toda sua vida social para ficar com Lena, enquanto toda a comunidade sulista, comandada pelo FRA  e  está contra a garota, Ethan vai contra todos e quando digo todos, significa que ele vai contra até a vontade da mulher que o criou após a morte da mãe, para defender e amar Lena! Ethan esperou tanto por esse momento, para encontrar a garota dos seus sonhos, literalmente e agora finalmente, simplesmente não podia deixá-la ir, nunca mais, era dever de Ethan protegê-la, ele prometeu isso a ela e ele cumpriria… Ethan não podia suportar a idéia de perdê-la, pois perdendo-a ele estava perdendo a si próprio.

“- Eu tinha Lena. Ela era poderosa e bonita. Cada dia era apavorante, e cada dia era perfeito.”

O amor de Ethan e Lena, apesar de serem apenas adolescentes, é maduro e nem um pouco penoso. Não tem aquele lance apelativo  de se você for embora eu me mato e vou com você! Eles são apenas um casal intensamente apaixonado e com um grande medo de perder um ao outro. Pois a grande verdade é que um salva o outro, de diferentes situações, mas sem um o outro jamais seria completo, eu sei que soa meio clichê e tal mas vale á pena ler e se apaixonar com eles. E o tio Macon, não é tão recluso assim! rs

“-Dezesseis Luas, dezesseis anos

Dezesseis dos seus mais profundos medos

Dezesseis vezes você sonhou com minhas lágrimas”

Caindo, caindo ao longo dos anos…

O livro será adaptado cinematograficamente, e o diretor escolhido foi Richard LaGravenese. Ele é o responsável pelo roteiro dos filmes Erin Brockovich, Paris, eu te amo e P.S. Eu te amo, que também dirigiu. Já deu para ver que vem filmaço por aí, né? Para melhorar, a empresa que vai produzir o filme é a Warner Bros.

Em entrevista ao site Next Movie, Kami Garcia e Margaret Stohl disseram que  estão felizes em ter LaGravenese como seu diretor e esperam que o filme entre em pré-produção ainda esse ano.

Querem ver quem Kami e Margaret imaginam como possíveis personagens do filme?

Lena: Lucy Hale (da série Pretty Little Liars) ou Emily Browning (WTF?)

Ethan: Logan Lerman (Quero esse Ethan, já!) ou Steven R. McQueen

Link: Chord Overstreet (da série Glee) (O link será exatamente como eu imaginei *-*)

Ridley: Kristen Bell (Eu a colocaria como Savannah Snow)

Marian (bibliotecária): Rashida Jones (Perfeita *-*)

Sarafine (mãe da Lena): Famke Janssen (Eu a imagine de um jeito diferente, mas até posso gostar da Famke, talvez…) :/

Amma: Alfre Woodard (WTF?)

Macon (tio da Lena): Jeremy Irons (Não me convenceu :\)

Tá, eu mega fiquei ansiosa com a notícia do filme, mas mega decepcionada com a escolha dos atores, e vocês o que acharam?

Beijos, espero que tenha gostado da resenha…

Fonte: Galera Record – segue o link para baixar o Wallpapper do Livro, entre outros.

Editora Martin Claret + Promoção!

30 Maio

Oi Galera, estou meio sumida não é! :s Desculpem! Estava doente, :s Sinusite, daí infeccionou e deu o maior problema, mas já estou melhor!

Então… Eu fiz parceria com a Editora Martin Claret! A Taís é uma fofa e foi super gentíl quando fiz o pedido, que tal conhecermos um pouco da Editora?

A Editora Martin Claret foi fundada em São Paulo, no início da década de 1970, pelo empresário, editor e jornalista gaúcho Martin Claret, para publicar, em um primeiro momento, as obras do filósofo e educador brasileiro Huberto Rohden, autor mundialmente conhecido de mais de 65 obras sobre filosofia, religião, ciência e educação.

Missão

A Missão da Martin Claret é conscientizar e motivar as pessoas a desenvolver e utilizar o seu pleno potencial espiritual, mental, emocional e social.

A Martin Claret está empenhada em contribuir para a difusão da educação e da cultura, por meio da democratização do livro, usando todos os canais ortodoxos e heterodoxos de comercialização.

A Martin Claret, em sua missão empresarial, acredita na verdadeira função do livro: o livro muda as pessoas.

A Editora Martin Claret, em sua vocação educacional, deseja, por meio do livro, claretizar, otimizar e iluminar, a vida das pessoas.

Revolucione-se: leia mais para ser mais!

Então Galera, curtiram? Tenho uma super novidade! A Editora cedeu um exemplar lindo de Orgulho e Preconceito para VOCÊS! (Podem pular de felicidade)

O Livro
 
A chegada de dois jovens, o rico e promissor Charles Bingley e seu amigo, o altivo e ainda mais rico Fitzwilliam Darcy à vila de Longbourn causa um grande alvoroço entre as moças da região. Especialmente na família Bennet, cujas cinco filhas a bela Jane, a sensata Elizabeth, a culta Mary, a imatura Kitty e a desvairada Lydia, que foram criadas com um único propósito na vida: encontrar um bom marido. Tudo que elas desejam são os intermináveis compromissos sociais, bailes e jantares…  

 As regrinhas são aquelas mesmas de sempre!

A promoção inicia-se hoje, dia 29/05/2011 e termina no dia 04/07/2011 ás 23:59 p.m. *-* – E para participar é simples, basta seguir todas as regras:

1 – Ser seguidor do blog. É ESTRITAMENTE OBRIGATÓRIO ASSINAR O FEED. (ali na barra lateral, logo acima dos comentários recentes, há uma caixinha de subinscrição, é só colocar seu e-mail ali e pronto!)

2 – Residir em território nacional. (ou seja no Brasil)

3 – E preencher este FORMULÁRIO aqui!

4 – Cada participante tem o direito de preencher o formulário apenas 01 (Uma) vez. ( por cada inscrição de e-mail)

Mas vocês tem outras chances de participar, divulgando a promoção:

Para cada divulgação feita, o participante deve preencher o formulário novamente.

Para divulgar no twitter, dê RT na Frase: #PROMOCÃO O blog @sonhospontinhos e a Editora Martin Claret me mostrarão o que é Orgulho e Preconceito! Participe http://wp.me/p152Hi-nn

Ou divulgue a promoção no seu próprio blog e preencha o formulário mais uma vez.

Ao término da promoção, o resultado será divulgado aqui no blog e o vencendor terá até 48 horas para me enviar seu endereço, caso o ganhador não esteja cumprindo todas as regras será desclassificado e será feito um novo sorteio, o sorteio será feito pelo site Random.org

Em caso de dúvidas envie um e-mail para: sonhosentrepontinhos@hotmail.com
Boa sorte a todos! *-*
Beijos.
%d bloggers like this: