Tag Archives: Nêmesis

Resenha: Nêmesis – O retorno de Astarot – Editora Dracaena

12 Out

 Título: Nêmesis – O Retorno de Astarot

 Autor: Diogo de Souza

 Edição: 1
 Editora: Dracaena
 ISBN: 9788564469242
 Ano: 2011
 Páginas: 361

 Sinopse: Há cento e quarenta anos, Astarot, uma dos maiores demônios já conjurados, dorme, aprisionado pelas magias da família Masters. Mas uma profecia determinou seu despertar, e agora, a família de magos mais poderosa, e influente, do mundo, se vê face à face com a volta de sua Nêmesis. Isabela Zuckermann, jovem ginasta, foi apontada como aquela quem trará o despertar do demônio. Agora, aqueles que seguem Astarot tentam protegê-la, e aqueles que pretendem impedir a profecia querem sua morte. A jornada de Isabela está entremeada com o segredo da prisão de Astarot em 1875, e conforme ela descobre a verdade sobre a magia, sua família e sobre si mesma, mais fica claro que não poderá impedir “O retorno de Astarot.” 

Nêmesis nos transporta á um mundo fantástico e totalmente novo. O livro que retrata a estória de Isabela Zuckermann, a jovem ginasta e filha de Helena Zuckermann,  de como ela descobriu a verdade sobre a sua família e sua vida e no que isso influenciou. E de Ariel Waitem uma Thauren que abriu mão de suas escolhas para torna-se uma Bruxa Estelar. Nêmesis nos conta a saga da família Masters contra Astarot e nos ensina que demore o tempo que for, uma profecia sempre é cumprida.

Nêmesis é o primeiro livro nacional que eu realmente leio. Eu sempre tive muitas expectativas para com esse livro, especialmente porque me apaixonei pela capa assim que a vi. E então eu coloquei na minha cabeça que eu queria, porque queria esse livro! Um beijo especial á Editora Dracaena que tão prontamente cedeu-me. E eu não me decepcionei nem um pouco. Nêmesis é muito bem escrito e sua revisão quase impecável, se encontrei um ou dois erros de português foi o máximo, talvez tenha sido um pequeno deslize de digitação, de vez em quando acontece. Voltando ao livro… O retorno de Astarot é um livro muito inteligente e te faz sentir e vivenciar cada cena. O livro é indiscutivelmente fantástico.

Mas eu devo confessar que o grande destaque do livro, para mim é Ariel Waite! Apaixonei-me por ela, desde a primeira aparição, forte e corajosa, ela quem faz boa parte do enredo ser tão delicioso. Mark Masters meu herói destemido, surpreendeu-me muito também. A única coisa que me deixou triste com relação a Mark era o fato de no começo do livro eu nunca saber o que realmente ele sentia por Ariel, achei um tanto quanto injusto, pois ela estava sempre disposta a assumir o amor dos dois e ele sempre tão, tão… anyway. Por outro lado, o mocinho Cristien Cartier, o fiel escudeiro de Ariel me irritou profundamente. rs Engraçado isso não? Quem já leu o livro sabe do que eu estou falando. Desconfiei dele o livro inteiro, porque eu não conseguia distinguir suas verdadeiras intenções, somente quando Zaharion … SPOILER … É que eu comecei a gostar de Cris, pois só nesse momento ele mostrou-se vulnerável. Isabela também me deu nos nervos. Somente nas três últimas páginas do livro que eu consegui gostar dela. Tudo bem que a menina passou por maus bocados, mas se ela não fosse tão mimada teria agido de outra forma, nunca a perdoarei pelo o que ela fez com Helena. Já Amadi não me irritou tanto, rs apesar do estrago que ele fez, até um certo ponto eu o apoiava,  ainda mais quando ele explica o que acontece á família dele, eu sei que nada justifica, mas… Quando ele começa a perder o controle sobre o terrível sentimento chamado Vingança e a sede de poder é que se começa a duvidar se os motivos dele são realmente válidos.

Este livro me cativou e não me decepcionei de apostar todas as minhas fichas nele. No começo as coisas demoram um pouco a acontecer, mas quando acontecem, acontecem um monte de coisa de uma vez. Me apaixonei pela bruxa de cabelos brancos e ao final do livro, chorei loucamente quando descobri a verdadeira identidade do homem que andava apoiado em uma bengala.

Parabéns ao Diogo Souza que nos últimos minutos do livro, conseguiu surpreender-me e me emocionar com uma reviravolta deliciosa!

– O poder, Ariel… o verdadeiro poder… só tem uma coisa que se poder fazer com ele e que vale a pena ser feita.

Só tem uma coisa que paga o preço da magia. Sabe o que é?

É trazer um mínimo de alívio para as pessoas. É acalentar pelo menos um coração.

O verdadeiro poder só poder ser usado para isso, para a destruição do sogfrimento.

Todo o resto, Ariel… todo o resto é só mais uma ilusão.

Página 191

Espero que leiam e apaixonem-se como eu me apaixonei! E quem já leu, o que achou do livro? Quero saber a opinião de todos!

Beijos,

Lançamentos: Cultrix e Dracaena

9 Jun

E aew galerinha? Estou aqui para mostrar-lhes os lançamentos destas queridas Editoras e aí estão prontos?

Editora Cultrix:

 

Título: RAGNARÖK – O CREPÚSCULO DOS DEUSES
Autor(es): Faur, Mirella
Assunto: Mitologia
ISBN: 978-85-316-1125-4
Idioma: Português
Edição: 1ª edição – 05/2011
Número de Páginas: 432 
 
Thor, Odin, Loki, Frigga, Freya, As Valquírias, Midgard, Valhalla, Asgard, Gigantes, Anões, O Anel do Poder… Talvez você conheça muitos desses nomes, mas para a maioria das pessoas a mitologia dos povos germânicos parece ainda um tanto obscura. Neste livro, com um estilo claro e fluente, Mirella Faur, autora do best-seller e obra de referência Mistérios Nórdicos, nos traz o conhecimento de várias eras sobre uma cultura e mitologia muito comentadas, mas pouco conhecidas. Ela dá ao leitor respostas sobre a verdadeira história de THOR por trás dos quadrinhos e do filme da Marvel Comics; explica o significado de muitos dos mitos encontrados em games, como Ragnarök, e animes, como Os Cavaleiros do Zodíaco. Além disso, o leitor, seja ele iniciante ou apreciador do tema, descobrirá o significado do Apocalipse Nórdico, conhecerá as influências literárias de J.R.R. Tolkien, o criador da saga O Senhor dos Anéis, os mitos que deram origem à Tetralogia do Anel, ou O Anel dos Nibelungos, a mais famosa ópera de Richard Wagner; as ligações entre a mitologia grega e a nórdica e o renascimento da mitologia nórdica em seu contexto sagrado, nas religiões Asatrú e Odinismo. Ragnarök – O Crepúsculo dos Deuses incita o leitor a retirar as brumas dos tempos ancestrais e penetrar os mistérios de ASGARD, para desvelar os segredos dos deuses.
Editora Dracaena:
 

 Nêmesis – O Retorno de Astarot – Diogo de SouzaHá cento e quarenta anos, Astarot, uma dos maiores demônios já conjurados, dorme, aprisionado pelas magias da família Masters. Mas uma profecia determinou seu despertar, e agora, a família de magos mais poderosa, e influente, do mundo, se vê face à face com a volta de sua Nêmesis.  Isabela Zuckermann, jovem ginasta, foi apontada como aquela quem trará o despertar do demônio. Agora, aqueles que seguem Astarot tentam protegê-la, e aqueles que pretendem impedir a profecia querem sua morte.  A jornada de Isabela está entremeada com o segredo da prisão de Astarot em 1875, e conforme ela descobre a verdade sobre a magia, sua família e sobre si mesma, mais fica claro que não poderá impedir “O retorno de Astarot.”

Não deixe o sol brilhar em mim – Evandro Ribeiro

Uma História de Vampiros diferente. Dennis é um garoto que se mudou para a casa do tio após a morte dos pais, e lá chegando é maltratado pela tia.  Também é perseguido na nova escola por alguns garotos mais velhos. Tudo parecia sem sentido, até que conhece Valquíria, uma estranha e solitária menina da vizinhança. Desse encontro nasce uma amizade sincera, em meio aos anseios da adolescência, paixão, amor, em que cada um preenche o vazio existencial do outro. Porém, as pessoas que perseguem Dennis, começam a ser atacadas violentamente. Valquíria é na verdade um VAMPIRO que precisa de sangue humano para sobreviver. Não Deixe o Sol Brilhar em Mim é uma história de vampiros diferente, em que a fuga da solidão ultrapassa o limite do sobrenatural.

Quem está ansioso aí levanta a mão! o/

%d bloggers like this: