Tag Archives: suspense

Happy Halloween*

31 Out

Olá galerinhas, enfim é Halloween! 🙂

E sinto muito galera, mas graças á minha internet – Modem 3G da VIVO – e a minha preguiça os post’s de sexta, sábado e domingo não saíram, então esse post ficará um tanto quanto grande!

Eis que ficou muuuuito dificíl escolher as três melhores músicas, os três melhores filmes e seriados para falar sobre, neste Halloween, mas eu tentarei! 🙂

Comecemos com a música, para agitar essa manhã chuvosa de Segunda-Feira!

As músicas que eu achei que não poderia faltar nesse especial é a:

This is Halloween – Marilyn Manson

Feed My Frankestein – Alice Cooper

Halloween – Misfits

Os Seriados que mais tem haver com esta data, na minha humilde opinião são:

Supernatural

Os irmãos Winchester estão de volta, com a sétima temporada. E seu próprio nome (Supernatural/Sobrenatural) já é bem sugestivo. Sobrenatural é meu seriado favorito, por “N” fatores, vocês sabem como papo de fã incondicional é chato então eu os pouparei deste tormento! 🙂

Em 26 de Abril de 2011, a CW anunciou as cinco séries que serão renovadas para mais um ano em 2012, que incluia a sétima temporada de Supernatural. Agora, na sétima temporada, os Winchesters vão encontrar-se em um cenário cada vez mais sinistro, alterando-se contra um novo inimigo diferente de tudo que eles já lutaram. Eles vão descobrir que os seus velhos truques, armas e esconderijos são inúteis diante destes novos inimigos. Tudo com o que eles podem contar é um ao outro. E a certeza de que, como o último cowboy fora da lei, o que quer que eles enfrentam, não serão vencidos facilmente (não sem lutar bastante primeiro). Teve inicio dia 23 de setembro de 2011, às 21 horas nos EUA. No Brasil chegará provavelmente ano que vem. O primeiro episódio o nome é; “Meet the New Boss” (Conheça o Novo Chefe). Há notícias de que Castiel (Misha Collins), não terá participação regular nessa temporada, que será mais focada no relacionamento dos irmãos diante do que estiver por vir, eles enfrentarão coisas novas, outros tipos de monstros e sairá da “rotina da sexta temporada” de demônios/anjos. Os fãs estão anciosos, como sempre, pois a cada episódio eles deixam um gostinho de quero mais.

 A Segunda série que acho que tem tudo haver com a Data é:

The Walking Dead

Em 31 de outubro de 2010, estreou nos Estados Unidos, a série de televisão baseada nos quadrinhos. Em seu primeiro episódio a série registrou recorde de audiência, sendo vista por cerca de 5,3 milhões de espectadores nos Estados Unidos.

The Walking Dead é centrada em Rick Grimes, um oficial de polícia da pequena cidade de Cynthiana, no estado do Kentucky. Também acompanha a trajetória de sua família e uma série de outros sobreviventes que se uniram para manterem-se vivos depois que o mundo foi infestado por zumbis. Com o progresso da série, as personagens tornam-se mais desenvolvidas e suas personalidades são demonstradas sob a tensão de um apocalipse zumbi, especialmente a de Rick.

 Não quis me arriscar a colocar outras séries, para não fugir muito da temática, ou para o post não ficar, maior do que deveria.

Mas podemos citar outras como:

The Vampire Diaries, True Blood, The Secret Circle que é nova na área, mas que tem Bruxas, como temática. Entre Outras! O Damon que me perdoe, mas ele é lindo demais para entrar na sessão dos macabros! =)

Mudando o rumo do assunto, mas não muito, que tal juntar a galera, comprar muita pipoca e assistir á um bom filme? Se você for parar para procurar, todos os blogs ou sites sobre a sétima arte, estão falando sobre os poderosos clássicos como O Exorcista, O Iluminado, Psicose entre outros. Mas hoje eu falarei de filmes diferentes, talvez até alguns clássicos. Separei alguns filmes e espero que gostem! Esta é uma lista pessoal e que me deixou sem dormir por vários dias. (quando criança é claro. cof cof… rs)

 Nunca senti tanto medo de um filme quanto eu sentia de Premonição. Um dos primeiros filmes de terror que me lembro ter assistido, assombrou minha querida infância por muito tempo. Na minha opinião Premonição – o primeiro é claro – é um dos filmes mais brilhantes que já vi. Com mortes que aparetemente são simples, mas que envolvem uma série de fatos macabros. “A morte tem um plano e não tem como escapar dele.”

A premonição de Alex

O avião decola, com um pequeno tremor, Alex começa a ficar assustado. Um outro tremor ocorre e uma parede explode, e 3 crianças são atiradas para fora. Tod morre atingido na cabeça com uma mala. Terry é eletrocutada e carbonizada. Então, quando o a parede explode novamente, a sra. Lewton morre carbonizada. Depois Carter e Billy são eletrocutados. O avião explode, matando alex,clear e os outros passageiros

Premonição foi produzido em 1999 e lançado em 2000 foi dirigido por James Wong. Arrecadou mais de US$ 112.000.000.

Alguém se lembra desse pequeno camarada? =) Quem é que nunca viu um filme do Chuck e quase morreu de vontade de jogar todos os seus bonecos fora, não sabe o que é morrer de pavor de ser atacado enquanto dorme.

Chucky, o Boneco Assassino é um filme estadunidense de terror de 1988 dirigido por Tom Holland. O filme foi lançado, nos Estados Unidos, em 9 de novembro de 1988. Ele foi recebido com sucesso moderado e desde então se trasnformou em clássico cult entre os fãs de filme de terror. Foi o único filme da série a ser lançado pela MGM. O filme trata da história de um boneco que ganha vida e se torna um assassino, seu nome é Charles Lee Ray, ou simplesmente Chucky, deriva dos nomes dos notórios assassinos Charles Manson, Lee Harvey Oswald e James Earl Ray.

Existem alguns filmes do Chuck perdidos por aí, mas todos são de assustar. Eu tive medo até A Noiva do Chuck, aquela linda bonequinha dos olhos verdes era realmente medonha, mas quando eles tiveram um filho, o filme passou a ser comédia pastelão e infelizmente virou apenas mais um entretenimento!

Vamos jogar um jogo?

Jogos mortais vai muito além de um filme de terror e suspense, ele envolve temas como: Brincar de Deus, princípios, o que é certo ou errado, entre outros. O criador de jogos mortais é de uma inteligência incrível, o primeiro filme da franquia, assim como Premonição foi excepcional, adoro filmes que tem o poder de mexer com o nosso subconsciente, o poder que Jogos Mortais tem de influênciar seus pensamentos e julgamentos, é realmente de assustar. 

Jogos Mortais foi lançado em 2004, e foi o primeiro longa-metragem da série de terror e suspense escrito por James Van e Leigh Whannell e dirigido por James Van. Lançado em 29 de outubro de 2004, o filme teve um orçamento muito reduzido e foi filmado em apenas 18 dias. Teve a sua primeira apresentação em Janeiro de 2004 no Festival Sundance de Cinema. Apesar do baixo orçamento, o filme teve um sucesso bem maior que o Exorcista .

Um filme que talvez não seja um grande filme, mas que não erra no quesito medo e tensão, é o 1408.

1408 é um filme de 2007 realizado por Mikael Håfström com interpretações de John Cusack e Samuel L. Jackson, é história baseado em livro homônimo de Stephen King. No filme, o personagem de John escreve sobre histórias de terror e quando descobre sobre o quarto do hotel Dolphin, onde mais de 50 pessoas foram encontradas mortas. Ele hospeda-se neste quarto ignorando os avisos do personagem de Samuel.

Á partir daí, ele embarca em uma louca viagem, da qual ele não sabe se sobreviverá. Este é um filme muito inteligente e que nos faz perceber que muitas coisas podem ser evitadas pelo simples fato de pararmos e ouvirmos o que outras pessoas no disse.

Como o ditado popular diz: “A curiosidade matou o gato”

Eu fiquei com muita dúvida de falar sobreo O caso 39 ou A Órfã. São filmes com estórias parecidas, mas como o post já está gigante, fica para a próxima. Nosso último filme é muito amor para mim. rs

Uma das melhores animações que eu já vi, foi o filme A Noiva Cadáver. Tenho uma enorme simpatia por este filme, chega ser inexplicável o amor que sinto por ele, mas também com a produção de Michael Johnson e Tim Burton e a voz do Johnny Delícia Depp, é impossível não gostar.

Passado num vilarejo europeu no século 19, este filme de animação com bonecos de massinha de modelar conta a história de Victor (Johnny Depp), um jovem que é arrastado para o outro mundo ao se casar sem querer com a misteriosa Noiva Cadáver (Helena Bonham-Carter), enquanto sua verdadeira noiva, Victoria (Emily Watson), o aguarda desolada na Terra dos Vivos. Embora a vida na Terra dos Mortos se mostre mais animada do que o meio vitoriano em que cresceu, Victor descobre que não há nada neste mundo, ou no outro, que possa afastá-lo de sua amada. É uma história de otimismo, romance e de uma alegre vida após a morte, contada no clássico estilo de Tim Burton.

A estória vai muito além de um conto de fadas com um final bonitinho. A Noiva Cadáver falar sobre o amor, da forma mais sublime, nos ensina princípios morais e éticos e que a morte com liberdade, talvez não seja tão ruim assim.

O que vocês querem mais? rs Agora diz que não é muito amor?! =)

Aione, desculpe-me flor e muito obrigado por sua indicação 🙂 No futurosuas indicações estarão por aqui!

E Lis Volpe, muuuuitíssimo Obrigado!

Desculpem-me este post corrido e perdoem-me se ficou mal feito. Foi de coração. E que ano que vem, eu tenha uma internet melhor \o/

Espero que tenham gostado dos Especiais, e comentem bastante! Essa semana ainda eu libero o resultado do sorteio!

P.s: se tiverem algum problema com os vídeos, por favor avisem-me!

Beijos,

 

Anúncios

Resenha: Jogo de Poder – Valerie Plame Wilson – Editora Seoman

18 Set

 Edição: 1
 Editora: Seoman
 ISBN: 9788598903262
 Ano: 2011
 Páginas: 432
 Tradutor: Celina Cavalcante Falck-Cook

Skoob: Livro

Onde Comprar: Livraria Cultura.

Sinopse: Em Jogo de Poder, Valerie Plame Wilson, ex-agente da CIA, tem sua vida e carreira devastadas por acusações falsas criadas pela Casa Branca e o governo Bush por falar abertamente a verdade do poder constituído. A autora assistiu de camarote tanto à politização do serviço secreto pré-guerra quanto aos esforços da Casa Branca para evitar as críticas pós-invasão. Ela foi sacrificada, tal como um Bode Espiatório, o canário que era colocado nas minas de carvão para servir de alerta contra vazamentos de gás. Seu livro representa um testemunho muito sério sobre o clima insalubre da política atual nos Estados Unidos.

Jogo de Poder é um livro muito difícil de falar sobre. Porque não é uma personagem, não é uma história fictícia. São pessoas reais, tratando de assuntos reais, fatos que realmente aconteceram. Valerie Plame, era uma verdadeira Patriota que serviu ao seu País, com amor e devoção e sacrificou não somente sua vida, mas como a vida de sua família para servir ao País e tudo o que recebeu em troca, fora uma grande traição.

Jogo de Poder, conta a estória de Valerie e como ela iniciou carreira como agente secreta, desde o treinamento na Fazenda até o momento da traição. Valerie mesmo após ter os gêmeos, continuou trabalhando na CIA, com uma carga horária menor, isso mesmo antes e depois do atentado terrorista de 11 de setembro. Tendo que ser Mãe, Mulher e Agente Secreta, Valerie cumpriu suas missões com louvor, até onde foi capaz.

Na época, os Estados Unidos estava procurando um motivo para começar uma Guerra contra 0 Iraque. Então começou-se as especulações de que o Iraque e países vizinhos estavam comprando urânio e que  tinham em seus domínios armas nucleares e que a qualquer momento poderiam iniciar a Guerra. Então um dos agentes que trabalhava com Valerie, recomendou que o marido de Valerie, Joe Wilson, ex-embaixador aposentado, fosse a Níger, para tentar descobrir toda a verdade. Se os iraquianos possuíam ou não o urânio. No laudo de Joe, ele afirmava que não haviam provas de que os iraquianos possuíam o material necessário para a construção de uma bomba nuclear, mas o presidente Bush, afirmou em um discurso que os Estados Unidos da América continham provas concretas de que eles possuíam sim, os materiais. Então os Estados Unidos declarou Guerra contra o Iraque, alegando que agiriam dessa forma, para que o Iraque não os atingisse primeiro.

Joe indignado com tamanha mentira, decidiu levar a público as informações que ele obteve na viagem até Níger. E então era apenas um homem, contra toda a América, o governo americano não ficou nada feliz com a exposição que Joe fez. Não contendo provas para incriminá-lo o Governo decidiu revelar a identidade de sua esposa Valerie, que era agente da CIA, na coluna de Robert Novak, em um jornal, em 2003.

Eu acabei de assistir ao filme e a prova que eu tive é que os produtores, roteiristas e até a própria Valerie não souberam como cativar o público, mas não devemos culpá-los, pois você transformar um livro de história em um ficção não é uma tarefa realmente fácil de se realizar. Para mim, o livro Jogo de Poder não passa de um livro de história, com um pouco mais de ação. O livro não é de todo o ruim, apesar das tarjas pretas, e de você ficar indubitavelmente perdido por causa delas. É uma história impactante com certeza e mostra como funciona as leis de um País, movido pelo dinheiro e pela busca do poder.

Jogo de Poder não é um livro fácil de se ler. A leitura, é pesada e cansativa, pelo fato de ser um livro bem detalhista, eu acredito que não poderia ser diferente, pois a vida de uma agente secreta realmente não deve ser fácil, deve ser bem complicado manter várias vidas paralelas á sua real. Porém eu acredito que eles poderiam ter feito melhor. Acho que eles poderiam ter feito uma adaptação, sei lá, só uma sugestão, mas poderiam ter colocado Valerie para narrar os fatos para uma autora de verdade. Pois ela pode ter sido agente secreta da CIA, mãe, mulher. Mas, ela definitivamente não era escritora.

Biografias definitivamente não são minha praia. Mas, se você quiser conhecer um pouco melhor a história dos Estados Unidos e a guerra com o Iraque, ou até mesmo entender como funciona a vida e como é a rotina de uma Agente Secreta da CIA o livro é recomendável. Mas é preferível que você tome muito café, relaxe e tenha paciência, porque esse livro lhe tomará muito tempo.

Elenco: Naomi Watts, Sean Penn, Ty Burrell, Bruce McGill, Brooke Smith, Michael Kelly, David Denman.

 Direção: Doug Liman

 Gênero: Ação/Suspense

 Duração: 106 min.

 Distribuidora: Paris Filmes

Destaque para o filme, que colocaram uma atriz muito boa e que na minha humilde opinião, além de parecer com a verdadeira Valerie, desempenhou um ótimo papel, ao representar, Naomi Watts. E para mim o ponto forte do filme, fora a atuação de Sean Penn (que estava perfeito) incorporou o personagem de uma maneira formidável.

Beijos.

Camila Leite.

Sessão Pipoca: Sucker Punch – Mundo Surreal

22 Ago

Elenco: Evan Wood, Jena Malone, Jamie Chung, Abbie Cornish, Emily Browning, Carla Gugino, Vanessa Hudgens

Direção: Zack Snyder

Gênero: Drama/Suspense

Duração: 120 min.

Distribuidora: Warner Bros.

Sinopse: Feche os olhos. Abra sua mente. Você não estará preparado. Sucker Punch – Mundo Surreal é uma fantasia épica de ação que nos apresenta a imaginação fértil de uma jovem garota, cujos sonhos são a única saída para sua difícil realidade em um hospício. Isolada dos limites de tempo e espaço, ela está livre para ir onde sua mente levar, porém, chega o momento em que suas incríveis aventuras quebram o limite entre o real e o imaginário, trazendo consequências trágicas.

Prontos para entrarem em um mundo Surreal? rs Meu Deus gente, a quanto tempo não assisto a um filme tão incrível assim. Fiquei um bom tempo procurando palavras para começar a falar sobre o tal. No momento todas elas fugiram-me, estou estarrecida, com toda a sua qualidade no geral. Sua impecável fotografia, desde o primeiro minuto até o último, nos faz querer entrar no Mundo Surreal, nos faz querer senti-lo em ação.

Bom, o filme em si, conta a estória de uma menina que perdeu a mãe e tenta escapar do Padrasto malvado e pervertido, na tentativa de salvar sua irmã mais nova, acontece um terrível acidente onde a jovem perde  irmã e então fica á merce de seu temido Padrasto/Carrasco. Afim de ficar com toda a fortuna da Jovem a qualquer custo, o Padrasto a interna em um manicômio, o Lennox House, e então a Jovem (que em momento algum no filme é citado seu nome verdadeiro) cria em sua mente um Mundo Surreal, pois em dentro de cinco dias, ela passará por uma lobotomia, que pode mudar para sempre sua vida. (para quem não sabe, lobotomia é uma cirurgia feita para apagar a memória de uma pessoa, deixando-a catatônica, é como se a pessoa perdesse sua alma, hoje em dia, um pequeno número de países ainda realiza procedimentos cirúrgicos semelhantes, porém dentro de indicações muito estritas.)

 O filme começa e fico meio constrangida por não estar entendendo. E então a estória começa a desenrolar-se, com um bocado de câmera lenta, ás vezes fica difícil acompanhar certas coisas, de tão lento que fica.

E então eu enfim me transportei para dentro da tela, para ficar ao lado de Baby Doll, como se denomina nossa queridinha “Protagonista”. rs Ridículo isso não é? rs Eu sei, desculpem-me por isso, mas foi o que EU senti. Eu confesso, queria que a Minha Vanessa aparecesse mais, e quando lançaram a notícia de que ela estaria no filme eu fiquei triste quando descobri que ela não seria a protagonista. Pessoas que não gostam dela á parte, eu achei bem digna a atuação. Com um tempo surpreendedoramente bem divido entre as 4 “coadjuvantes.”

Quando Baby Doll cria o Mundo Surreal, o hospício transformasse em um Cabaré, onde as internas são prostitutas. As rompantes entre um o real e a fantasia, são tão intensas e constantes que ás vezes você fica perdido e acha que tudo transformou-se em uma coisa só. E os dias que Baby Doll aguarda sua lobotomia, transforma-se em “fases”, em cada fase ela com a ajuda de suas amigas, Blondie, Rocket, Sweat Pea e Amber, terão que capturar os cincos elementos (um oculto) para a fuga, daquela torturante prisão.

Não somente para os Nerd’s, mas principalmente para os homens o filme é uma delícia, com muita ação, e mulheres vestidas com roupas sensuais atirando para todos os lados. Ouvi críticas pesadas sobre o fato de o filme ser talvez apelativo demais. Mas também ouvi muitos elogios, dessa incrível produção de Zack Snyder. Acho que o filme peca um pouco no enredo, algumas coisas, se perdem no ar, em meio a tanta ação. Mas vale pelos efeitos especiais e pela nostalgia de lembrar dos jogos de Resident Evil. Algo que chamou muito a minha anteção, foi o sentimento de proteção que Sweat Pea, tem para com sua irmão Rocket. Em um filme de ação onde sentimentos genuínos perdem-se, ainda há bondadde bem lá no fundo. Com um final morninho, porém original.

Embalado por uma fantástica e hipnotizante Trilha Sonora, contando com a presença das atrizes, EmilyBrowning e Carla Gugino, Sucker Punch me deixou sem palavras, e ainda acho que não o descrevi bem!

RESENHA: A Cabana – William P. Young

4 Ago

 Edição: 1

 Editora: Sextante

 ISBN: 9788599296363

 Ano: 2008

 Páginas: 236

 Skoob: Livro

 Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, “A Cabana” invoca a pergunta: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?” As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Quem não duvidaria ao ouvir um homem afirmar que passou um fim de semana inteiro com Deus e, ainda mais, em uma cabana? Principalmente naquela Cabana.

O livro conta a história de Mack, que vive sobre a A Grande Tristeza, desde o desaparecimento da filha, Missy. Mack sente-se culpado pelo desaparecimento da filha e com consegue fazer nada para mudar esse sentimento, na verdade ele chega a se sentir confortável com toda essa dor, porque ele acredita que Deus, está o castigando por fatos de seu passado. Mack vai á igreja, mas tem um amplo relacionamento com Deus, enquanto que o relacionamento de Deus com sua esposa Nan, é sólido e profundo. Mack e Nan tem cinco filhos, John, Tyler, Josh, (Katherine Kate) e Melissa ou como eles carinhosamente a chamam, Missy.

Mack é extremamente inteligente, e seus assuntos prediletos, são Deus e a Criação e porque as pessoas acreditam em determinadas coisas.

Após receber um estranho bilhete, supostamente enviado por Papai. Papai era o modo carinhoso como Nan tratava Deus, mas Mack não se sentia tão confortável para chamá-lo de Papai. Mack decide voltar á Cabana, ao local de seus maiores pesadelos e medos. Para encarar sozinho, insanamente quem quer que estivesse brincando com a cara dele. Com a picape do amigo Wille, Mack dá um jeito de tirar Nan e as crianças de casa, sem contar a Nan seu planejado, Mack segue viagem. Para o começo de sua transformação.

Uffa! Caramba, Meu Deus do Céu! rs Que estória. Mackenzie Allen Phillips, fora muito maltratado pela vida, em um ato de loucura e revolta acaba fazendo uma grande besteira, em sua adolescência e ele acha que de alguma Deus está ocastigango pelo desaparecimento de sua filha o que ele não percebe é que ele acaba se privando de alguns prazeres e com isso toda sua família sofre junto.

Eu fiquei pensando sobre o que falar deste livro. Eu terminei de ler hoje e senti uma paz uma calma interior que não tem tamanho. Tudo o que esse homem passou. Eu realmente estou desejando fervorosamente que cada linha deste livro seja verdade!

Quero agradecer ao William P. Youg, por me mostrar a outra face da Trindade (Deus, Jesus e o Espírito Santo). Quero agradecer especialmente por me mostar o quanto somos mesquinhos e o quanto nossas regras e lei nos corrompe, o quanto a luta pelo poder é ridícula e sem fundamento. Nós humanos nunca nos satisfazemos com o amor de Deus. Sempre queremos mais, sempre duvidamos. E quando acontece alguma coisa, a culpa é sempre de DEUS, nunca nossa.

O livro nos mostra que a Trindade, é um relacionamento e não uma hierarquia, onde Deus é severo e superior. Deus é amoroso, gentíl e quando Jesus morreu naquela cruz, ele estava lá, sendo crucificado, e sofrendo juntamente com ele. Deus nunca nos abandona, ele nos ama tanto que nos dá o poder da liberdade e quando finalmente conseguimos nossa tão sonhada “independência” o julgamos perguntando porque nos abandonastes! Deus não se divide entre seus filhos ele se doa por inteiro a cada um de nós. Mas quando estabelecemos prioridades, mesmo que Deus esteja em primeiro lugar, ao decorrer do dia, aconteceram outras coisas de seu interesse e talvez isso mude. Deus não quer o primeiro lugar. Deus quer ser o centro. O centro do seu mundo!

Eu chorei praticamente o livro inteiro, em algumas partes mais e outras menos, mas quase chorei escrevendo esta resenha. Uma pessoa disse pra mim que não gostou do livro, eu fiquei decepcionada agora que li. Pois eu acho que a pessoa que leu e não gostou, não entendeu a verdadeira essência do livro. Não sentiu a presença de Deus em cada parágrafo.

Aprendi muito com o livro e espero que ele seja um bom aprendizado a vocês.

– Perdoar não significa esquecer, Mack. Significa soltar a garganta da outra pessoa.

– Mas eu achava que você esquecia os nossos pecados.

– Mack, eu sou Deus. Não esqueço nada. Sei de tudo. Para mim, esquecer é optar por me limitar. Filho – a voz de Papai ficou baixa e Mack olhou-o diretamente nos olhos profundos e castanhos -, por causa de Jesus, não há agora nenhuma lei exigindo que eu traga seus pecados á mente. Eles se foram e não interferem no nosso relacionemto.

Espero que esse livro transmita a vocês a vida que ele me transmitiu. Tudo o que eu queria escrever ou falar sobre o livro não caberia aqui. Conheçam Deus, como o verbo, que ele é. E aprendam que o amor é a resposta pra tudo!

Beijos, Mila ♥

A Garota da Capa Vermelha – O Filme

29 Abr

Enquanto muitos estão empolgadíssimos com o tal do #casamentoreal estou indignada por ter gastado tempo e dinheiro vendo esse filme. Ontem fui ao cinema com meus queridos amigos, (Hanna Ferreira, Ana Paula Fernandes e Rafael Ramiro) só valeu por isso também…

Acredito que o fato deu começar a ler o livro antes do filme, afetou meu julgamento, mas mesmo se eu não tivesse o feito eu acharia uma dorga da mesma maneira.

O filme começa com Valerie (Amanda Seyfried) criança, vendo o sacrifício de um animal, eu juro gente que senti falta da flora! (quem leu o livro sabe) rs Por isso eu devia ter visto o filme primeiro.

Dez anos se passa e Valerie recebe uma proposta bem tentadora, após saber que está noiva do lindo do ferrero! Gente, com todo o respeito até eu morri por ele, muito melhor do que Peter! (Shiloh Fernandez) Ooops! No meio do caminho seus planos são interrompidos após ouvir as quatro badaladas do sino, que significava que o Lobo havia quebrado o pacto, mas Valerie não esperava que a vítima fosse alguém que ela amava e idolatrava demais, Lucie (Alexandria Maillot) (não é Spoiler, rs está na sinopse do livro – essa foi para quem quis me bater rs)

Após o ataque os homens da aldeia revoltados e embriagados, pela quebra do pacto resolvem ir atrás do Lobo então a Guerra está oficialmente declarada.

Com a chegada de Father Solomon, (Gary Oldman) tudo fica muito pior, pois ele revela algo inesperado, o lobo caminha entre eles… Isso mesmo, durante o dia o lobo anda pelas ruas em forma de gente, pode ser qualquer um, seu filho, seu vizinho, sua esposa… Todos são suspeitos.

Estaria Peter, sua paixão de infância, envolvido nesses ataques? Ou seria Henry, (Max Irons) seu noivo, o Lobisomen? O u, talvez alguém mais próximo de Valerie… Extremamente próximo…

Henry & Valerie
Peter & Valerie

Considerações Finais!

Valerie é a vítima, que não é tão vítima assim, ela é má e sabe disso! Ela sabe, ela sente que algo muito ruim, muito perverso habita dentro dela, ela só tenta fazer as coisas certas… Quando o lobo ataca o vilarejo na Lua de Sangue, ele vai atrás de Valerie, ele a quer, portanto qualquer um que seja próximo a ela  é suspeito… E  qualquer um mesmo, tem uma parte no filme que até a sombra é suspeita, sei lá. E depois o filme fica óbvio demais e você acha que já advinhou quem é o assassino e no final, aquela obviedade toda desaparece e o lobo é quem menos esperamos, alguém completamente “insignificante” aos olhos do espectador. rs
 

Minhas Considerações

 
Ao me ver, a Catherine HardWicke, deveria parar de produzir filmes, sei lá ela devia ir pintar um quadro, contar histórias para criancinhas (sem modificá-las é óbvio) ou ir trabalhar até de faxineira, porque essa carreira não é para ela não minha gente, me desculpem, me perdoem, mas poxa vida ela não ajuda, cada vez mais desce no meu conceito, primeiro ela estragou Crepúsculo e agora estragou este filme, a história era genial, teria tudo para ter sido uma mega produção, mas não foi o que aconteceu, não vou comentar do livro porque depois, quando eu terminar de lê-lo  farei uma resenha especial, mas o filme me decepcionou e muito eu que esperei tanto do filme, fiquei com cara de tacho, só não dormi no cinema porque estava frio demais e uma indivídua estava com meu casaco rs
 
Mas enfim gente , façam como eu e tirem suas prórpias conclusões, quando eu vi pessoas falando mal do livro eu decidi que eu teria a minha própria conclusão sobre o tal, a mesma coisa o filme, eu juro que eu tinha esperança que teria uma opinião diferente das outras pessoas, mas pelo visto não!
Não desanimem =) Eu não desisti de Catherine, talvez um dia ela consiga!
 
 
 
 
 
Um grande Beijo a todos e perdoem-me pela minha sinceridade!!
 
P.s: Olhem a assinatura linda de viver que a Van Bosso fez para mim, adorei! *-* Obrigada querida! ;D
 

Sessão Pipoca: Maníacos.

14 Mar

Sinopse: Summer (Ashley Greene) está na estrada em busca de seu pai. Sua única pista é uma carta de uma comunidade rural chamada Massey. Chegando no local ela é resgatada de um confronto com um policial por Tom Haxey (Peter Mooney). Tom a leva até a sua casa. Summer se envolve com Tom, mas logo percebe que sua vida está em risco.

Então… Quanto tempo não posto nada sobre filmes não é? =D Esse Carnaval eu assisti três, deois falo sobre os outros!

Agora a Ashley Greene realmente me surpreendeu… Apesar de continuar gostando mais dela na saga Crepúsculo – a Alice é perfeita – Ela realmente faz um bom trabalho neste filme.

O filme relata a história de uma família, esquisita e problemática. Summer fica com raiva de sua mãe por lhe esconder a identidade de seu Pai, mas ela nem se preocupa em saber o porque sua mãe lhe escondeu isso. E resolve ir atrás dele, Summer, se acha malandra, ela só não imaginava a surpresa que a aguardava!

Toda a trama é interessante e intrigante, mas o final morno e previsível!

Acho que tivesse que dar uma nota, eu daria 9. Não é um filme ruim, mas eu realmente esperei muito mais do Final! 

Salt!

11 Dez

Um século depois eu finalmente assisti este filme! (estou ficando craque em assistir filmes velhos!)  HAHA Quando ele estreiou eu nem quis ouvir falar de SALT achei que seria chaaaato demais, porémcontudotodavia, ignorei o fato de que a protagonista era a Angelina Jolie! rs

Então! Hoje meu namorado namorido veio aqui e resolvemos assistir um filmezinho, ele escolheu esse porque a muito tempo ele está afim de assistir, e adivinhem? Ele dormiu o filme todo, mas eu fiquei vidrada para quem não queria ver gente o filme é ótimo, tem muiiita ação, suspense e um pouquinho de drama, a história é incrível, envolvente e surpreendente, quando você acha que já sabe como irá acabar a história, vem e muda tudo! Eu adorei!  Recomendo demais, espero que gostem!

Jolie substituiu Tom Cruise, que teve problemas na agenda e também ficou com medo do protagonista ser muito parecido com Ethan Hunt, que ele mesmo viveu na franquia Missão Impossível. Ele abandonou o projeto. “Jolie se mostra forte como qualquer homem em filmes de ação e também é ótima em filmes dramáticos. Em Salt, ela faz os dois”, revelou o diretor.

Sinopse: Antes de se tornar agente da CIA, Evelyn Salt (Jolie) prestou juramento de servir e honrar o seu país. Ela colocará o seu juramento em prática, quando um desertor russo a acusa de ser uma espiã russa. Salt foge, usando todas as sua habilidades e anos de experiência como agente infiltrada para conseguir escapar dos seus inimigos, proteger o seu marido e fugir dos seus colegas da CIA.

Dois filmes em um post só!

22 Nov

Bom como eu disse, no sábado era dia de Sessão Pipoca, mas nem rolou de eu ver o filme que eu queria! Quando meu namorado chegou á minha casa, acabou que nós vimos Epidemia de novo! Enfim… O dia passou e acabou que não vi filme nenhum, só na madruga que vi Sobrenatural.

Mas mesmo assim ontem eu acabei assistindo mais dois filmes, de começo eu iria assistir PAR PERFEITO, mas não rolou o DVD ficou de gracinha com a minha cara, aí acabei colocando Anjos da Morte! Não direi que me arrependi, porémcontudotodavia, preferia não ter visto!

Anjos da Morte

Sinopse: Depois o falecimento dos pais, a família Hamilton tenta encontrar alguma estabilidade no local onde vivem. Francis (Cory Knauf), o irmão caçula encontra uma câmera e resolve fazer um retrato da sua família para um trabalho de escola. Simultaneamente David (Samuel Child) trabalha em um matadouro enquanto que os gêmeos Wendell (Joseph McKelheer) e Darlene (Mackenzie Firgens) não tem muito o que fazer.

Acrescentando á sinopse: os gêmeos Darlene e Wendell vivem uma estranha relação de puro incesto e no filme também há um ser chamado Lenny, cuidado com o Lenny queridos, ele te garantirá muuuuitos sustos! HAHA

Bom eu acho que não gostei muito do filme… Mas enfim… Para quem gosta de um bom susto com os efeitos sonoros, é uma dica…]

E o outro filme que eu assisti foi o Renascido das Trevas.

Renascido das Trevas

Sinopse: Em 1936, Os Wollners, uma família de Alemãs imigrantes que vive em Town Creek – uma cidade do interior do Estados Unidos-, é contratada pelo terceiro Reich para serem anfitriões do professor Richard Wirth. A família, precisando de dinheiro, aceita receber o homem em sua casa. O que não sabiam é que tornariam parte de um experimento do qual seriam exilados do resto do mundo e se converteriam a participantes de um jogo de sobrevivência. Agora, em 2007, o filho mais velho, Victor, depois de escapar de seus captores, voltará a Tonw Creek acompanhado de seu irmão para realizar sua vingança.

O suspense do filme é algo realmente impressionante, esse eu até que gostei e terá continuação eu acho* Eu gostei do filme, a história é boa… Sei lá… HAHA sem opnião formada a respeito deste filme…

Bom espero que gostem das Dicas! 😀

Preparem-se hoje terá muita coisa aqui no blog! *-*

Beijos.

A Epidemia

20 Nov

Olá meeeu povo, hoje é dia de Sessão Pipocaa! 😀 Hoje eu comecei assistindo o filme: A Epidemia

Sinopse: A primavera acaba de chegar numa tranquila cidade do interior, onde a simplicidade toma conta das pessoas e suas rotinas. Mas, neste ano, a estação trouxe algo além de flores. Misteriosamente, os moradores tornam-se pessoas silenciosas e… extremamente agressivas! O casal David (Timothy Olyphant) e Judy (Radha Micthell) se vêem cercados por aqueles que um dia já foram seus vizinhos e amigos, mas agora vagam pela cidade com um único objetivo em mente: matar, destruir, aniquilar. A Epidemia (The Crazies) é uma adaptação de O Exército do Ertemínio, do mestre de filmes de horror, George A. Romero (Madrugada dos Mortos)

Gente, hoje eu assisti esse filme… No começo eu estava meio relutante, achei que era um filme comum de um vírus que mata todo mundo, mas não… O filme é puro dinamismo do início ao fim, eu adoreeei e recomendo muito, há muito tempo eu não me surpreendo tanto com um filme de epidemia 😀 rs.

A história do filme é envolvente e intrigante, dá para tomar muitos sustos… E além disso, mostra como um homem luta por sua mulher e o valor da verdadeira amizade! No final eu estava irritada já, porque o casal David e Judy, lutaram á beça e continuaram lutando… Mas eu adorei, o filme é surpreendente á cada segundooo. É muito bom mesmo. Vale á pena, só que o filme é um pouco grande, tem gente que não tem paciência, mas vale á pena cada segundo do filme 😀

Vou assistir outros filmes e já venho  contar á vocês! (fiquem com imagens e o trailher do filme)

Premonições – Sandra Bullock

4 Nov

Ontem eu assisti o filme Premonições, com a Sandra Bullock. Adorei o filme, é muito intrigante, fiquei nervosa vendo o filme e no final quando você acha que irá acontecer uma coisa, acontece outra totalmente diferente! Fiquei surpreendida, há muito tempo que eu não via algum filme com a Sandra Bullock, eu adoro-a, ela é uma ótima atriz, minha segunda preferida! 😀

Enfim, recomendo demais o filme, pois é muito bom!

Sinopse: Linda (Sandra Bullock) é uma dona de casa que é surpreendida numa manhã com a notícia de que seu marido morreu num acidente automobilístico. Abalada pisicologicamente por conta desse evento, ela se vê presa numca espiral de acontecimentos que lhe deixam uma dúvida: Afinal, Jim (Julian McMahon) está morto ou não?

O filme é bem forte e difícil, é preciso prestar atenção para entender, mas tem umas mensagens bem fortes que nos fazem entender a importância de pequenos atos e o quanto é fundamental termos fé!

%d bloggers like this: